SEGUNDO SEMESTRE

Atividades de acolhimento marcam o primeiro dia de aula nas escolas municipais de Belém

Cerca de 70 mil alunos do ensino infantil e da educação fundamental voltaram às salas de aula nesta quinta-feira, 1, na rede municipal de Belém. A data de reinício das aulas segue o calendário escolar deste ano. E para recepcionar os alunos a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), promove diversas atividades especiais de acolhimento nas 199 escolas municipais.

Na Escola Municipal Walter Leite Caminha, no bairro Mangueirão, os 820 alunos do ensino fundamental foram recebidos com oficinas de pintura em papel, jogos literários e manifestações culturais como capoeira e carimbó. “Brinquei muito nas férias, viajei e hoje acordei cedo pra voltar para a escola. Estou gostando muito de ver meus amigos e professores e vou aproveitar para brincar com eles”, disse Arthur Souza, de 8 anos, aluno do 3º ano.

A programação da escola é extensa, pois coincidiu com a 14ª edição do Programa Prefeitura no Bairro, que oferece serviços gratuitos para população. Segundo a secretária municipal de Educação, Socorro Aquino, a programação diferenciada nas escolas tem o intuito de motivar o retorno dos alunos às salas de aula. “Hoje estamos iniciando o nosso segundo semestre. No primeiro dia de aula as crianças ficam muito ansiosas, e para facilitar a adaptação dos alunos aos novos ambientes é importante o desenvolvimento de uma atividade especial”, disse.

Ariana Gonçalves, 7 anos, aluna do 2º ano, estava entretida nos livros disponibilizados no Espaço da Leitura do Sistema Municipal de Bibliotecas Escolares (Sismube). “Estou gostando de voltar para a escola. Aqui eu estudo, brinco e converso com os meus amigos. Hoje eu já pintei, estava lendo livro e ainda vou brincar no pula-pula”, disse a menina.

De acordo com a Semec, mais de R$ 9 milhões foram investidos em 27 escolas municipais de educação infantil, com reformas e manutenções, durante o período de férias. Além de passar por uma recente revitalização, a escola Walter Leite Caminha também recebeu um investimento de mais de R$ 700 mil, para realização de obras, com previsão de que sejam finalizadas até o final de 2019. Dentre as melhorias físicas estão a climatização de todas as dez salas de aula do local, além da revisão de estrutura elétrica e pintura.

Para Dilma Machado, diretora da escola, o retorno às aulas é uma mescla de emoções para os alunos. “Porque temos os alunos que conseguiram viajar e se divertir e os que só ficaram em casa e só possuem a escola como fonte de diversão, aprendizado e interação social. Por isso esse acolhimento é tão importante”, explicou.

Ainda de acordo com a secretária municipal de Educação, o segundo semestre terá um diferencial. “Teremos a avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e já vamos entrar com um trabalho de reforço escolar para as turmas de 5º e 9º ano”, acrescentou.

Tags

semec

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder