CONFORTO E SEGURANÇA

Obras na Aldeia Amazônica garantem melhor acomodação no carnaval 2020

Em 2020, o público acostumado a acompanhar o desfile carnavalesco na Aldeia Amazônica Davi Miguel, no bairro da Pedreira, vai ganhar novos espaços para assistir à passagem das escolas de samba dos três grupos. A previsão é de que mil novos lugares sejam o incremento para melhor acomodação dos brincantes.

A melhoria das arquibancadas foi apenas um dos assuntos tratados durante a visita técnica, realizada na manhã desta sexta-feira, 2, à obra da Aldeia Amazônica, pelo prefeito Zenaldo Coutinho, em companhia dos presidentes de nove escolas de samba dos 1º, 2º e 3º grupos. “Estamos aqui para inspecionar as obras e acompanhar a revitalização de toda a Aldeia Amazônica, que passa pelo reforço estrutural de 100% dos pilares das arquibancadas”, destacou o prefeito, que, inicialmente, resumiu o andamento da obra aos representantes das agremiações.

A visita também foi acompanhada por Annete Klautau, secretária municipal de Urbanismo (Seurb), e Fábio Atanásio, presidente da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel). Segurança, sonorização, ordenamento do comércio informal, estacionamento e área de concentração foram os outros temas discutidos.

Administrativo - A entrega da obra da Aldeia Amazônica está prevista para o final de setembro deste ano. O prefeito destacou, ainda, os outros usos do espaço após a intervenção física. “A Aldeia Amazônica ganha ‘nova vida’ para ser entregue à população de Belém, mas também para ser utilizada durante o ano todo por órgãos que aqui funcionam”, destacou Zenaldo. Atualmente, a Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e o Ordenamento Público ocupam espaços no prédio administrativo da Aldeia.

Andamento - De acordo com Reinaldo Leite, diretor de Obras Civis da Seurb, a obra na Aldeia Amazônica é geral e já está em 75% concluída. “Estamos reformando todas as áreas de ambiente, não apenas os espaços já utilizados pela Prefeitura, mas toda a estrutura da Aldeia, incluindo as estruturas de concreto armado e metálica, como também o sistema hidráulico, a cobertura elétrica e lógica (informática), além da troca de piso e pavimentação”, detalhou o diretor.

Escolas - Para Gláucio Sapucaí, presidente da escola Império de Samba Quem São Eles, a obra destacou a importância do serviço proposto. “O carnaval paraense vivia um processo de desgaste tão grande, refletido na Aldeia, que nunca havia sido reformada. A iniciativa da Prefeitura é um sinal de que o nosso carnaval está ressurgindo”, considerou o dirigente.

No mesmo sentido, Rodolfo Trindade, presidente da Escola de Samba da Matinha, opinou. "Essa reforma é uma grande vitória das escolas, são reivindicações de anos e acatadas pelo prefeito. Nosso espaço vai funcionar o ano todo, conforme determinação do prefeito. E, o que é mais satisfatório, é saber que o espaço está sendo preparado com meses de antecedência".

"É uma obra que já vínhamos solicitando há muito tempo. Agora teremos mais espaço para o público. O carnaval e a cultura agradecem", salientou Deodato de Oliveira, presidente da Escola Grêmio Recreativo Escola de Samba Paixão Rubronegro, integrante do terceiro grupo.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

fumbel sejel seurb

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder