25 ANOS

Samu comemora aniversário com festa para os servidores

Ajudar a quem precisa de socorro médico tem sido, há 25 anos, a missão dos servidores que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) em Belém. Inaugurado em janeiro de 1994, o serviço coleciona histórias de vida em mais de 21 mil atendimentos de urgência pré-hospitalar realizados na capital e ilhas vizinhas.     

Com 16 ambulâncias próprias, sendo 12 unidades de suporte básico (USBs) e quatro unidades de suporte avançado (USAs), uma lancha (ambulancha), quatro motos (motolâncias), além de equipes compostas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, condutores, telefonistas e equipes administrativas, o serviço é um importante braço da rede pública de saúde, atuando 24h.  

Para celebrar a data e esse papel tão importante, os samuzeiros, como são chamados os atuantes no serviço, organizaram uma festa de confraternização, que contou com a participação do secretário municipal da Saúde, Sergio Amorim, e o coordenador geral do Samu, Leonardo Lobato.  “São 25 anos salvando vidas com profissionais dedicados e apaixonados pelo que fazem e que são muito importantes para a rede de saúde. Hoje temos uma frota completa de ambulâncias. Então é uma grande satisfação celebrar um momento como esse e uma forma de agradecer a cada servidor”, declarou o secretário de saúde, Sergio Amorim. 

Segundo o coordenador geral Leonardo Lobato, não faltam motivos para comemorar a data. “Esse é um dos serviços da rede pública que tem mais respeito e admiração da população, pois a equipe trabalha com amor e dedicação ao que faz e leva isso para as ruas. Por isso, hoje só temos a celebrar e agradecer essa atuação”, destacou.

O médico José Guataçara Gabriel foi o grande homenageado da noite. Ele recebeu medalha de reconhecimento das mãos do próprio filho. Além de ser o fundador do serviço, com reconhecida atuação pela busca da melhoria constante, Guataçara também é conhecido por formar heróis no resgate a vidas a bordo das ambulâncias. “O serviço nasceu da necessidade de darmos um atendimento mais qualificado à população. Nos inspiramos em um serviço que já existia na França. Depois de instalado aqui, nosso trabalho foi convidado a ser apresentado para os franceses”, contou.

“Nossa atuação é reconhecida como a mais diferenciada do Brasil por conseguir traçar um mapa de risco da cidade, por inaugurar a ambulancha e a motolancha. Em competições nacionais, estamos sempre entre os três primeiros colocados”, comemorou o médico.

Ainda atuante no Samu, Guataçara é plantonista e diz não conseguir se afastar do serviço. “Já era para ter me aposentado há oito anos, mas não consigo ficar sem trabalhar. É gratificante e viciante aquele olhar de agradecimento de quem salvamos a vida”, afirmou.

Medalhas - Os demais integrantes também receberam medalhas de condecoração. O técnico em enfermagem, Joaquim Prestes, de 69 anos, foi um deles. Ele também atua no serviço desde a fundação. “Eu amo minha função desde o primeiro dia que coloquei a farda do Samu. Desde então, quando eu visto o uniforme me transformo, fico mais humano para ajudar a quem precisa da melhor forma possível”, declarou Joaquim. 

Para a técnica de enfermagem, Rosângela Chaves, 45 anos, a noite foi de comemoração e agradecimento. “O Samu significa muito para mim, pois foi meu primeiro emprego e há 25 anos é o meu trabalho. Tenho muito orgulho de atuar como samuzeira e trabalhar salvando vidas. Isso é gratificante e hoje só tenho a agradecer, comemorou. Além das homenagens, a festa teve ainda sorteio de brindes, oração, exibição de vídeo retrospectiva dos 25 anos e muita animação com Dj e banda. 

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder