AGOSTO DOURADO

Mês dedicado à amamentação tem programação especial nas unidades da Sesma

A gestação de Maria Trindade, de 33 anos, foi de alto risco e acompanhada pelo pré-natal compartilhado entre a Unidade Municipal de Saúde (UMS) da Providência e a Fundação Santa Casa de Misericórdia. Cinco meses após dar à luz a pequena Maria Vitória, ela amamenta a filha, com a satisfação de ter superados vários obstáculos para ser mãe novamente, depois de onze anos, desde o primeiro filho.

No mês de agosto, que é dedicado à intensificação das ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, em alusão a Semana Mundial da Amamentação, a mãe de Vitória é um exemplo de cuidados com a criança que se alimenta exclusivamnete de leite materno, desde o nascimento. “Eu procurei o programa de aleitamento materno aqui da UMS Providência para reaprender a dar de mamar, porque sei da importância desse ato. Também aprendi a fazer a massagem e a colocar a bebê na posição correta. Essas ações têm sido fundamentais para a saúde dela”, comemora a mãe.

Com a orientação da técnica de enfermagem, Aline Alencar, Maria aprendeu que o leite é um alimento completo e deve ser mantido até os seis meses. “A gente faz o que pode para ajudar às mães que têm dificuldade com a amamentação, para que elas mantenham essa alimentação nos primeiros seis meses do bebê, o que evita doenças e garante uma vida saudável”, explica a profissional.

Agosto Dourado - Conhecido como "Agosto Dourado", esse período é voltado para o alerta da importância do aleitamento materno. Nas unidades de saúde e estratégias de saúde da família da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), os servidores prepararam programações especiais e diversificadas, ao longo do mês, para conscientizar pais e mães sobre a importância do leite materno na alimentação dos primeiros meses de vida dos bebês.

Na quarta-feira, 7, também foi realizada a abertura oficial da Semana de Mundial da Amamentação, no teatro Estação Gasômetro, com a participação de servidores ligados à Referência Técnica de Saúde da Criança, gerentes e enfermeiros das unidades de saúde, além de autoridades, especialistas e entidades parceiras da Sesma.

Participaram da mesa oficial de abertura a diretora do Núcleo de Proteção à Saúde (Nups), representando o secretário municipal de Saúde, Sergio de Amorim, Vera Fonseca; a presidente da Sociedade Paraense de Pediatria (Sopape), Vilma Hutim; a deputada estadual, Nilse Pinheiro; a secretária adjunta de saúde, Ivete Vaz; e o secretário estadual de Saúde, Alberto Beltrame.

O evento contou ainda com o colóquio “Empoderar Mães e Pais - Favorecer a Amamentação Hoje e Para o Futuro. O que estamos fazendo?”, com a participação de representantes dos Conselhos Regionais de Medicina, Enfermagem e Nutrição, Sopape e Associação Paraense de Ginecologia e Obstetrícia (APGO).

Programações - As programações do "Agosto Dourado" estão sendo realizadas em vários locais pela Sesma. Na UMS Providência, por exemplo, houve a presença especial da doula - profissional que faz o acompanhamento de uma gravidez e auxilia nos partos normais - e consultora de amamentação, Lia Glória Leite, que abordou o tema do empoderamento das famílias na proteção da amamentação junto à comunidade de lactantes e gestantes.

Na UMS Cabanagem, uma das rodas de conversa discutiu importância da amamentação exclusiva até os seis meses de vida. Na UMS Benguí foram realizadas várias palestras com a equipe do programa de aleitamento e o muro da unidade foi pintado como o tema "Agosto Dourado".

Já na unidade ESF Sucurijuquara, no bairro do Sucurijuquara, distrito de Mosqueiro, teve palestras com fantoches sobre aleitamento materno. Na ESF Condor foram realizadas rodas de conversa, oficinas e um piquenique com alimentação saudável para as mães.

Na ESF Terra Firme, a semana contou com várias palestras de incentivo ao aleitamento materno, sobre a importância da amamentação, mitos e verdades, posição e pega dos seios pelos bebês. No Núcleo de Saúde da Família do Parque Amazônia 2, dentro do programa Gestar Saudável, foi realizada uma aula de fortalecimento do assoalho pélvico para o parto normal.

Incentivo - Para o secretário municipal de Saúde, Sergio de Amorim, a programação da Semana Mundial de Amamentação mostra o incentivo da saúde municipal ao aleitamento. “Nós temos o compromisso em incentivar e dar condições para que as mães não deixem de alimentar seus bebês exclusivamente com leite materno para garantir a vida saudável deles. Em todas as nossas unidades de saúde, a mãe pode procurar esse acompanhamento com nossos profissionais de saúde e ao longo desse mês, as ações foram reforçadas”, afirmou o titular da Sesma.

As programações da Semana de Mundial da Amamentação, promovidas pela Sesma, seguem em outras unidades de saúde até o fim do mês de agosto.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.