PARA 50 PESSOAS

Fundo Ver-o-Sol promove capacitação em atendimento de farmácia

Uma nova oportunidade para dezenas de homens e mulheres que estão fora do mercado de trabalho. É com esse propósito que a Prefeitura Municipal de Belém, por meio do Fundo Ver-o-Sol, oferece, gratuitamente, o curso de atendente de farmácia para 50 pessoas, em uma das salas do prédio do órgão, localizado no bairro de São Brás.

A capacitação profissional começou na manhã desta segunda-feira, 19, e prossegue até o dia 30 deste mês. De acordo com a coordenação do Fundo Ver-o-Sol, o curso surgiu em função da necessidade das empresas farmacêuticas que estão se estabelecendo na cidade. Nos últimos anos, cerca de 900 unidades foram abertas em todo o estado do Pará, segundo dados do Conselho Regional de Farmácia do Pará.

“Realizamos um levantamento e traçamos a grade dos cursos. O atendente de farmácia foi um dos programados. Os alunos serão preparados para atuar em um segmento de grande demanda na cidade. A Prefeitura tem a preocupação de capacitar, mas também de gerar renda e fazer a economia ‘girar’”, assegura Kadmiel Costa, coordenador geral do Fundo Ver-o-Sol. Ele lembra que o Fundo atua com o Portal do Trabalhador, em um trabalho conjunto que visa intermediar uma futura contratação do público qualificado.

Treinamento - Ao todo, estão inscritas 500 pessoas, as quais devem receber treinamento de 40 horas semanais, até o início do mês de outubro deste ano. Farmacologia, medicamentos, marketing pessoal, excelência em atendimento são alguns dos temas abordados durante o treinamento.

“É um conjunto importante de informações, pois eles vão lidar com a saúde das pessoas, então, precisam ter muita atenção, pois estarão trabalhando com receituário, remédios tarja preta e genéricos. Prezamos pela qualidade, pois a área da saúde exige muito isso”, destaca Cintia Carrera, de 40 anos, bióloga e instrutora há dois anos no Fundo Ver-o-Sol.

Há oito anos sem uma atividade formal, a moradora do bairro de Fátima, Mirtes Corrêa, de 45 anos, estava muito atenta às explicações e disse ter esperança em uma recolocação profissional. “Espero conseguir uma oportunidade após o curso. Desejo que o Fundo Ver-o-Sol me encaminhe para algum local, porque já tenho a experiência de operadora de caixa”, disse.

Outro que está aproveitando o curso oferecido pela Prefeitura de Belém é Dirlei Lopes, de 39 anos. “A procura por emprego está complicada em todo o Brasil e, assim, esses cursos oferecidos pela Prefeitura vem agregar conhecimento aos currículos, muito mais por conta das farmácias que têm sido abertas na cidade”, avalia Dirlei.

Tags

portal do trabalhador secon ver-o-sol

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder