E AGORA, PAPÃO?

Paysandu não sai do 0 com o Náutico e terá de vencer nos Aflitos se quiser subir

Só a vitória interessa se aos bicolores no duelo de volta – seja no tempo normal ou nas penalidades máximas.

Com um Mangueirão lotado e a expectativa lá em cima por parte dos torcedores do Paysandu, o time paraense não saiu de um empate com o Náutico-PE, na noite desse domingo. O Bicola ficou no 0 a 0 e agora precisa encarar o Estádio dos Aflitos, lotado, no próximo domingo, 8, para seguir perseguindo o sonho do acesso.

Só a vitória interessa se aos bicolores no duelo de volta – seja no tempo normal ou nas penalidades máximas – o que ocorreria em caso de um novo empate no tempo normal. Na primeira metade do duelo de 180 minutos a pressão foi quase toda bicolor. Os pernambucanos pouco atacaram. Em um esquema com três zagueiros, o time alviceleste travou.

Na primeira metade do jogo, apesar de o Bicola ter criado ótimas oportunidades, faltou capricho na finalização. Com chutes de fora da área e pressionando o Timbu no campo de defesa, pode-se dizer que o 0 a 0 não foi justo.

No segundo tempo, parecia que só o Paysandu estava disposto a correr atrás do resultado. O time de Gilmar dal Pozzo se retrancou e a estratégia acabou dando certo. Dessa forma, os últimos 90 minutos, que serão disputados em Recife, prometem.

Tags

Esporte futebol Paysandu

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder


      • in this conversation
          Media preview placeholder