MELHOR FORA

Paysandu aposta no retrospecto longe de casa para conseguir o acesso

O Papão perdeu somente um jogo fora de casa durante toda a primeira fase do torneio nacional.

Se tem uma coisa que pode deixar o torcedor bicolor otimista para que o acesso à Segundona seja alcançado no próximo domingo, 8, é o retrospecto do time jogando como visitante na Série C do Brasileirão dessa temporada. O Papão perdeu somente um jogo fora de casa durante toda a primeira fase do torneio nacional. As outras oito partidas computaram quatro vitórias e quatro empates para o Bicola.

“São números que nos deixam animados. O Paysandu sabe jogar fora de Belém e, no próximo final de semana, não será diferente. Estamos animados para encarar o maior desafio da temporada. Já garanti minha passagem e vou a Recife assistir ao acesso do meu time do coração”, declarou o comerciante Ernesto Araújo. O torcedor viaja para a capital pernambucana na próxima sexta-feira, 7.

Na reapresentação do time, na manhã desta terça-feira, 3, o técnico Hélio dos Anjos passou longe de esboçar o possível time titular para o jogo de volta valendo tão sonhado retorno do time à Série B. Durante a manhã, houve apenas um treino regenerativo com ênfase no condicionamento físico dos atletas.

E se recorda é viver, não custa nada salientar que o Paysandu se deu bem, em seu passado não tão distante, disputando duelos de mata-mata, valendo vaga em uma divisão superior, mesmo decidindo fora de Belém. Contra Macaé-RJ, em 2012, os bicolores venceram por 2 a 0 em casa e decidiram fora (perdendo por 3 a 2, mas conseguindo a classificação); já em 2014, contra o Tupi-MG, foram conquistadas duas vitórias (uma em Belém, por 2 a 1 e outra fora, por 1 a 0)

Tags

Esporte futebol Paysandu

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder