PROVIDÊNCIAS

Prefeitura de Belém avalia estrutura da passarela da Almirante Barroso

Nesta segunda-feira, 9, primeiro dia útil após a passarela localizada na avenida Almirante Barroso, entre as avenidas Júlio César e Tavares Bastos, ter sido derrubada, fato ocorrido na noite da última sexta-feira, 6, a Prefeitura de Belém continua adotando as medidas necessárias para minimizar os transtornos causados pelo incidente.

A Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb) solicitou à empresa terceirizada, Infinity Engenharia, que realizasse, em caráter de urgência, o isolamento dos acessos à passarela que foi derrubada, para evitar acidentes com pedestres desatentos ou curiosos. A empresa isolou as escadas de acesso, localizadas nos dois sentidos da avenida Almirante Barroso, com tapumes pintados de preto, medindo cerca de 2,1 metros de altura.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), por sua vez, está mantendo agentes de trânsito e apoiadores operacionais para orientar pedestres a que realizem a travessia de forma segura nas áreas sinalizadas do entorno de onde ficava a passarela, como o cruzamento das avenidas Almirante Barroso com Tavares Bastos, cerca de 260 metros mais adiante, em direção ao Entroncamento.

Avaliação - Engenheiros da Seurb também estiveram na manhã desta segunda-feira no local para fazer a avaliação da estrutura de concreto que sustentava a passarela. "Fizemos a vistoria juntamente com um engenheiro calculista da empresa que fará os estudos sobre a estrutura de sustentação. A empresa está trabalhando para entregar o parecer até quarta-feira, quando também deverá ser entregue, por outra empresa, a avaliação da passarela", afirmou o diretor de obras civis da Seurb, Reinaldo Leite.

Quatro servidores da SeMOB estarão atuando nos dois lados da avenida durante os próximos dias para orientar motoristas e direcionar a população para os pontos seguros de travessia. “Essas medidas foram tomadas para curto prazo, porém, dependendo do prazo estipulado para recolocação, podemos tomar medidas temporárias intermediárias, como a implantação de semáforo ou faixa de pedestres, o que será avaliado após o diagnóstico final do prazo para a solução”, informou o diretor de trânsito da SeMOB, Marcos Chagas.

Além disso, a SeMOB também está montando um cronograma para visitar as instituições de ensino localizadas na área para orientar, principalmente o corpo discente, sobre os locais adequados de travessia.

Ponto de ônibus - Para diminuir os riscos de acidentes no local, a SeMOB também vai desativar temporariamente o ponto de ônibus localizado em frente ao 2º Bis, sentido Entroncamento/São Brás. As paradas mais próximas para os usuários do transporte público estão localizadas em frente ao conjunto Império Amazônico e no cruzamento da Almirante Barroso com a Tavares Bastos.

A mudança na parada de ônibus começa a valer a partir desta terça-feira, 10, e deverá permanecer até a conclusão das obras de recuperação da passarela.

 

* Texto com a colaboração de Jaqueline Ferreira (Seurb)

 

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

semob seurb

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder