CASA PRÓPRIA

Sehab recebe documentos de pré-selecionados ao Residencial Quinta dos Paricás

Um grupo de cerca de 1.500 moradores de Belém e de Icoaraci está mais próximo de realizar o sonho da casa própria. O novo passo foi dado na manhã desta terça-feira, 10, no ginásio Altino Pimenta, durante o processo de entrega de documentos dentro do programa Viver Belém - Minha Casa, Minha Vida, uma iniciativa do Governo Federal, com apoio da Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Habitação (Sehab). Estão sendo disponibilizados mais de mil unidades do residencial Quinta dos Paricás, localizado na estrada do Maracacuera, em Icoaraci.

O atendimento a centenas de pessoas se iniciou às 8 horas e foi agilizado pela Sehab, que contou com o apoio da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), Fundação Papa João XIII (Funpapa) e da Guarda Municipal de Belém (GMB). O atendimento se encerrou por volta das 13 horas.

Documentos - Os pré-selecionados tiveram que apresentar documentos pessoais como Carteira de Identidade e CPF, comprovantes de renda, de despesas (água, luz e aluguel) e de estado civil, dentre outros. Os inscritos passaram pela entrevista social e tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre o financiamento de responsabilidade da Caixa Econômica Federal (CEF). Um dos critérios para ser contemplado é a faixa da renda familiar, a qual deve ser de até R$ 1.800,00.

“Dentro desse contexto dos critérios municipais e federais é que vamos tentando fazer a composição. E, com isso, é feita uma análise pela Caixa Econômica e Sehab para podermos dividir por grupo familiar. Temos o caso das mães solteiras, dos portadores de necessidades especiais e outros mais”, explicou Maikenn Souza, titular da Sehab.

A Prefeitura de Belém, por meio da Sehab, espera que a Caixa apresente o resultado da análise dos pré-selecionados no prazo de 45 dias. Todavia, o tempo poderá se estender. A variação média do financiamento é de R$ 80,00 a R$ 290,00, dentro de um prazo de 10 anos, sem juros e correção monetária.

“Estou feliz pela presença de todos aqui, entregando os documentos necessários. O trabalho é para ocupar totalmente o ‘Quinta dos Paricás’ e que seja logo. Espero que as casas sejam distribuídas para quem realmente mereça”, analisou o prefeito Zenaldo Coutinho, que recomendou agilidade no atendimento.

Zenaldo enfatizou ainda para que as pessoas não deem dinheiro a terceiros, não autorizados. “Tem gente dizendo que vai conseguir a seleção e pagando dinheiro a ‘terceiros’. Essa agilização é uma mentira e já denunciamos à polícia. Não é para dar um real a ninguém. Tratem sobre a seleção e documentos somente com servidores da Prefeitura de Belém”, alertou o prefeito.

Beneficiados - A dona de casa Rosalina Silva Rodrigues, de 36 anos, mãe da Kaila, de apenas três meses, estava confiante. “Estou esperançosa em conseguir minha casa. Tento há algum tempo. Moro nos fundos da casa da minha mãe”, disse a moradora da rua Fé em Deus, bairro de Águas Negras, em Icoaraci.

Moradora da passagem Triângulo, no bairro da Campina, em Icoaraci, Renata Modesto, de 32 anos, é cadeirante e até levou os documentos, mas vai ter que se reapresentar à Sehab. “Estou entusiasmada com a oportunidade. Tive pendência em uma documentação, mas vou resolver na quarta-feira, próxima”, garantiu Renata.

Aposentado por invalidez, Leandro Barros, de 42 anos, estava satisfeito pela entrega dos documentos. Ele revelou que gasta R$ 350,00 com o aluguel de uma casa no bairro do Jurunas. “Estou contente, morar de aluguel não é bom para ninguém”, disse, na companhia da esposa Francicléa.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

codem guarda municipal sehab

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder