PROGRAMAÇÃO

Encontro Latino-americano das Cidades Criativas reúne gastronomia, artesanato e música

A segunda noite do Encontro Latino-americano das Cidades Criativas foi marcada por música, artesanato e uma aula show de gastronomia. A programação, realizada pela Prefeitura de Belém, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana (Codem), iniciou por volta das 20h de sexta-feira, 04, na Praça dos Estivadores, no bairro da Campina.

O Circuito reuniu barracas de 30 restaurantes, espaços para artesanato, Chefs paraenses em aulas show de culinária e artistas como Nazaré Pereira e Lucinha Bastos. Para a dona de casa Julieta Oliveira, de 53 anos, a programação foi um presente. "Eu moro no Rio de Janeiro atualmente e há dois anos não vinha a Belém. Chegar aqui e encontrar toda nossa cultura reunida em um só lugar me deixou muito feliz. Estou matando a saudade do nosso tempero", falou sorridente.

No estande dos Cooking Shows, os olhos da psicóloga Laissa Maciel, de 24 anos, estavam atentos para o preparo de um hot dog feito com ingredientes típicos e preparado pelo chef paraense Salo Gene. "Eu gosto muito de cozinhar e ele deu muitas dicas legais e úteis, como a tapioca que faz o tucupi ficar grosso. É muito merecido Belém ser sede desse evento por conta de toda essa diversidade de sabores", comentou a psicóloga. 

A Chef Tatiane Muniz, que também é paraense, preparou um pirarucu na manteiga do bacuri. Para ela é motivo de orgulho Belém sediar um encontro que reúne chefs nacionais e internacionais. "É incrível receber chefs de outros países em um evento como esse Circuito, onde nós temos a oportunidade de mostrar nossos sabores", destacou.

Comidas típicas - A barraca da Associação das Tacacazeiras era uma das mais movimentadas da noite. A tacacazeira Neide Sobrinho era só sorrisos com a boa aceitação dos pratos servidos por ela. "A gente se sente homenageada com esse título de Cidade da Gastronomia, pois fazemos parte dessa cultura gastronômica. Esse evento só soma pra gente e com esse cheiro maravilhoso do tacacá não tem quem não encoste para provar", contou Neide. 

"Nós preparamos esse Circuito com essa diversidade gastronômica para que as pessoas conheçam a nossa cultura. Nós temos barracas com a Associação das Tacacazeiras, feirantes com vendas e apresentação das boieiras do Ver-o-Peso", falou Danilo Soares, Presidente da Codem.

Além das comidas típicas, o Circuito Gastronômico trouxe variedades para o paladar dos participantes, com barracas de comidas veganas, sobremesas, bombons e pratos típicos de outras regiões do país, atrelado a boa música com ritmos que marcam nossa cultura.

A programação cultural inclui a mostra de cinema, as 16h30, com quatro curtas paraenses e dez produções da cidade de Santos, em São Paulo. O premiado cineasta Dandi Queiroz estará no Cinema Olympia para um bate-papo com o público. 

As atividades do Encontro prosseguem neste sábado, 5, na Praça dos Estivadores, a  partir das 17h. Quem for conferir a variedade dos pratos, vai poder prestigiar também ao show de Dona Onete e as apresentações da Banda da Guarda Municipal e do DJ paraense Albery, além de aulas práticas dos chefs locais e internacionais, exposição de artesanato e design e uma feirinha de economia criativa. Toda a programação é gratuita. 

Tags

codem

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder