ATENDIMENTO

Moradores do residencial Quinta dos Paricás ganham Unidade Básica de Saúde

A partir da próxima terça-feira, 15, a comunidade moradora do residencial Quinta dos Paricás, em Icoaraci, começa a ser atendida pelos serviços da Unidade Básica de Saúde (UBS), inaugurada na manhã desta quinta-feira, 10, pela Prefeitura Municipal de Belém.

Com a participação dos moradores, a UBS foi inaugurada pelo prefeito Zenaldo Coutinho, juntamente com titulares de algumas secretarias municipais, lideranças comunitárias, além de representantes do Conselho Municipal de Saúde e outras autoridades. Sandro Machado representou a Caixa Econômica Federal, banco financiador do residencial, e dentre os secretários esteve Sérgio de Amorim, titular da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).

“Essa obra é muito importante, pois o atendimento vai ser cômodo para nós moradores. Não vamos precisar gastar passagem de ônibus”, avaliou Amaral Miranda, de 77 anos. Junto dele estava dona Marlene dos Santos, de 69 anos. Ela também avaliou como um benefício para os moradores das 2.720 unidades do residencial Quinta dos Paricás e de áreas próximas. “Vou ficar fazendo o meu acompanhamento médico todo mês aqui, perto de casa. Essa unidade vai me ajudar muito, pois sou diabética e hipertensa”, afirmou Marlene.

Estrutura - A UBS, com área construída de 504 m², vai oferecer atendimentos de equipes do Programa Estratégia da Saúde da Família (ESF), modelo de serviço que garante atenção de até 12 mil pessoas.

Os espaços da unidade obedecem aos padrões de acessibilidade e do Ministério da Saúde. Consultórios médicos e odontológicos, salas de vacina e de coleta de laboratório, e também exame Preventivo do Câncer de Colo do Útero (PCCU) e teste do pezinho estarão à disposição dos moradores, a partir da próxima semana.

Inauguração - Moradora do bairro Tenoné, Patrícia do Carmo, de 30 anos, acompanhou a inauguração da nova Unidade de Saúde. Ela está no nono mês de gestação e, após o parto, planeja receber o atendimento do novo serviço médico. “Eu soube da inauguração e estávamos com o anseio de conhecer a unidade de saúde e o espaço do residencial. Faço acompanhamento médico no meu bairro, mas se puder venho aqui também”, ressaltou.

Investimento e equipe - De acordo com a Sesma, a UBS teve um investimento de R$ 1,5 milhão, por meio de financiamento da Caixa. A contrapartida da Prefeitura de Belém foram as garantias do mobiliário e de três equipes de saúde que totalizam 39 profissionais, entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, odontólogos, técnicos de saúde bucal e administrativos, e agentes comunitários.  

Em seu discurso, o prefeito Zenaldo Coutinho lembrou do período de concepção do residencial Quinta dos Paricás. À época, foi avaliada a necessidade de se edificar áreas de lazer, escolas e unidades de saúde, motivada pela quantidade de habitantes do conjunto habitacional.

“Umas das condicionantes, dada à quantidade de lares, seria imperativo termos instaladas escolas e unidades de saúde. A ideia era qualificar o espaço e bancar o funcionamento que a população precisaria”, destacou.

O prefeito chamou atenção às pendências nos serviços públicos direcionados ao residencial e apontou as ações para solucionar. “Ainda não estou satisfeito com algumas questões, como por exemplo, a situação da qualidade da água, que a Cosanpa ainda não resolveu. Não estou satisfeito também, porque ainda não concluímos a integração do BRT, para que o transporte também seja qualificado, aqui para o residencial”, destacou o prefeito. Zenaldo chamou a atenção ainda para aquisição de novos ônibus para atender à comunidade daquela área e de toda capital.

Integração - Por meio das ações da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (SeMOB), a Prefeitura intensificará o trabalho de integração dos terminais de São Brás, Maracacuera, Mangueirão e Tapanã, dentro do projeto do BRT. "Com essa integração teremos a oportunidade, em pouco espaço de tempo, de experimentar, de fato, os benefícios do sistema BRT", garantiu o prefeito.

Balanço - Com a inauguração da UBS Quinta dos Paricás, a gestão municipal já entregou à população da capital, as unidades do Tenoné, dentro da concepção de atenção básica de saúde. Há sete anos, a cidade de Belém oferecia apenas uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Icoaraci, e agora já estão em funcionamento as UPAs da Sacramenta e Terra Firme. Em outubro, será entregue a da Marambaia e, ainda neste ano, os moradores do Jurunas ganham uma UPA.

Em 2012, Belém não possuía uma ambulância nas unidades básicas e, atualmente, já são 32 à disposição das comunidades. Em 2013 a Prefeitura mantinha apenas quatro ambulâncias do SAMU e, hoje, a frota chega a 23 novos veículos. A Sesma mantém ainda ambulanchas e motolância em operação.

Localizado no bairro do Guamá, o Hospital de Pronto Socorro Humberto Maradei Pereira está sendo ampliado com recursos próprios do executivo municipal. O atendimento sairá da condição de média para alta complexidade, um salto de 68 para 93 leitos. Equipes do projeto Melhor em Casa já são nove, e muitos moradores de rua já recebem atenção médica de equipes do projeto Consultório da Rua.

Tags

semec semob sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder