BALANÇO

Serviços de saúde registram 4500 atendimentos no final de semana do Círio de Nazaré

Cerca de 4.500 mil atendimentos foram realizados nos estabelecimentos de saúde sob a gestão da Prefeitura de Belém. O quantitativo está na média dos anos anteriores e dentro do esperado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), que preparou sua rede para o atendimento da população local e dos romeiros neste período do festejo do Círio de Nossa Senhora de Nazaré.

Os dados somam atendimentos do Hospital de Pronto Socorro Mário Pinotti (no bairro do Umarizal), das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Terra Firme, Sacramenta e Icoaraci e dos postos de urgência e emergência montado nos percursos da Trasladação e do Círio.

Atendimentos - Mesmo com a movimentação intensa na cidade, a maioria dos atendimentos foi de pacientes, considerando a classificação de risco, nas cores verde (baixo risco) e amarelo (médio risco), que foram direcionados para, principalmente, clínica médica. A média de tempo para atendimento foi menor que três minutos em 80% das assistências nas UPAs.

O secretário de saúde, Sérgio de Amorim, destaca que não houve grandes intercorrências e por isso o serviço fluiu dentro da rotina das unidades de saúde.  “Em geral, quem procurou nossos serviços foram pessoas que não se alimentaram direito, se excederam no esforço físico ou não se hidrataram adequadamente, e, por isso tiveram mal-estar, desmaios, dores em partes do corpo, pequenas torções ou aumento da pressão arterial. Casos esses que, dentro da nossa especialização com o Círio, já esperamos e estamos preparados para socorrer e encaminhar para os procedimentos necessários”, explicou o titular da Sesma.

PSM da 14 - Com o aumento da estrutura da rede de urgência e emergência municipal, os casos de baixa ou média complexidade foram adequadamente resolvidos nas UPAs, que neste Círio somaram quase 60% dos atendimentos, contribuindo para um menor fluxo na porta do Hospital de Pronto Socorro Mário Pinotti, na travessa 14 de Março, que registrou 896 pessoas atendidas durante o final de semana.

Em todos os serviços foram atendidas pessoas de Belém, de outros municípios e outros estados. Nos postos de urgência e emergência, montados para atendimento durante o Círio e a Trasladação, a movimentação foi intensa principalmente nos postos ao longo da avenida Nazaré (Casa da Linguagem, Semad, sede do Clube do Remo e restaurante Avenida). Foram 279 atendimentos feitos pelas equipes da Sesma, Defesa Civil e voluntários.

Vigilância Epidemiológica - Também durante o final de semana do Círio, a Sesma intensificou o trabalho de vigilância epidemiológica e sanitária, com monitoramento das doenças de notificação compulsória, como meningite, sarampo, influenza, doença de Chagas e doenças diarréicas.

Durante o plantão, foram notificados sete casos suspeitos de meningite, sendo um confirmado em uma pessoa oriunda de outro município. Foram notificados seis casos de doença exantemática (manchas na pele), sendo que quatro atenderam ao critério de suspeita para sarampo e estão em investigação, e dois foram descartados e estão em investigação para dengue e zika. Todas as amostras coletadas foram encaminhadas ao Laboratório Central para análise e diagnóstico.

Para os casos suspeitos de sarampo, ainda no final de semana do Círio, a Sesma fez todas as medidas recomendadas no protocolo da doença, incluindo o bloqueio vacinal, no qual 57 pessoas, que são contatos ou que moram próximas aos casos suspeitos, receberam a vacina tríplice viral.

Vigilância Sanitária - Já na Vigilância Sanitária foram intensificados os trabalhos em torno da praça Santuário e em estabelecimentos ligados ao evento. Foram feitas inspeções em 83 estabelecimentos que trabalham com alimentação; em 122 ambulantes de venda de alimentos; em nove serviços de saúde e em sete hotéis. Nos dois últimos fiscalizados, o resultado foram nove notificações por estarem sem licença de funcionamento e com inconformidades nas boas práticas de manipulação de alimentos.

Defesa Civil - A Defesa Civil Municipal fez em torno de 500 atendimentos no final de semana do Círio, sendo 211 na Trasladação, e 262 durante o Círio, sendo que o trabalho da Defesa Civil é realizada em parceria com a Sesma.

Carol Rezende, coordenadora da Defesa Civil Municipal, ficou feliz com resultados alcançados pela entidade, neste Círio de Nazaré. “Fico feliz, porque este ano batemos o recorde de inscrição de voluntários. Ao longo desses 30 anos de existência de Defesa Civil aumentamos o número de atendimentos, tanto na Trasladação, quanto no Círio. A novidade deste ano foi o trabalho em conjunto com os grupos autônomos de voluntários que se cadastraram pela Defesa Civil e aturam nos auxiliando e apoiando”, comemorou.

“Satisfação, honra e gratidão aos voluntários e a prestação do serviço público, que ocorreram de forma muito positiva e satisfatória. Não tivemos muitos atendimentos de grande proporção e todos foram bem atendidos. Regularmente, encaminhamos para aos respectivos setores, como UPA, Pronto-socorro, e muitos também foram atendidos ali mesmo nos postos de atendimentos montados ao longo do trajeto das procissões”, complementou Carol Rezende.

Tags

Círio2019 defesacivil sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder