Entrevista

'Pacto por Canaã' quer transformar a cidade referência nacional em qualidade de vida

Jurandir dos Santos, secretário de desenvolvimento de Canaã dos Carajás, fala sobre como a gestão com responsabilidade e desenvolvimento sustentável estão transformando a cidade de Canaã dos Carajás em cidade de primeiro mundo.

Canaã dos Carajás é um município jovem, emancipado há somente 25 anos, mas com uma estrutura de dar inveja a muitas cidades seculares espalhadas pelo Pará e pelo resto do país. A partir de seu vasto potencial econômico - sobretudo pela extração mineral, produção de carne bovina, leite e mel de abelha -, a cidade localizada no extremo sul do estado, tornou-se exemplo de gestão e desenvolvimento sustentável nos últimos anos.

Faltando menos de um ano para o término do mandato da atual gestão municipal, o trabalho para evidenciar os avanços e as potencialidades do município não param.

Cumprindo agenda na capital paraense, o secretário de desenvolvimento de Canaã dos Carajás, Jurandir José dos Santos, visitou a sede da REDEPARÁ onde concedeu uma entrevista exclusiva. Entre outros assuntos, falou sobre o 'Pacto por Canaã', projeto que representa um esforço coordenado com mais de 17 ações públicas em parceria com o setor privado e sociedade civil com o objetivo de tornar o município referência nacional em qualidade de vida e desenvolvimento sustentável até o ano de 2035.

Entre os eixos mais importantes do projeto, está a realização de grandes obras de infraestrutura na cidade, como o asfaltamento da rodovia Transcarajás, a construção da nova Avenida Weyne Cavalcante, o início da operação dos polos industriais, a chegada de universidades públicas e a criação de um Polo Educacional; além da ampliação do programa Procampo.

Jurandir dos Santos também é gestor do Fundo Municipal de Desenvolvimento, criado no município para uso inteligente dos recursos provenientes da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CEFEM). Vale lembrar que o capital do Fundo utiliza de 5% do montante anual dos repasses da CEFEM. Em 2017, último ano em que houve balanço divulgado no site da Agência Nacional de Mineração, esse repasse foi de R$ 40,3 milhões, sendo a terceira maior arrecadação do Pará e a sexta maior do Brasil.

Tags

Canaã dos Carajás desenvolvimento sustentável Pacto por Canaã

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder