EDUCAÇÃO

Segundo Aulão do Cursinho Pré-Vestibular encerra preparação para última prova do Enem

Agora é a vez de revisar pontos importantes para a prova de matemática e ciências da natureza, temida por muitos candidatos que vão fazer a última prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no próximo domingo, 10. Para isso, a Prefeitura de Belém, por meio do Cursinho Pré-Vestibular Municipal, promoverá o segundo Aulão nesta sexta-feira, 8, das 7h às 19h, para os cerca de 800 alunos do cursinho.

Durante o dia, professores de matemática, física, química e biologia, de forma lúdica e motivacional, vão dar dicas estratégicas para os candidatos terem um bom desempenho na prova. As questões de matemática têm uma pontuação maior na prova e Eduardo Borges, professor de matemática do cursinho, pontua os cinco tópicos que os candidatos devem revisar.

“Geometria, aritmética básica, proporcionalidade, funções, gráficos e tabelas são os cinco tópicos que mais aparecem na prova de matemática. A prova é 100% contextualizada. O aluno que conseguir fazer a relação de situações do seu dia a dia com os objetos de conhecimento, vai ter mais facilidade”, comenta o professor, que também orienta que o aluno resolva primeiro as questões mais fáceis e deixe as difíceis para o final.

Para que os alunos tenham um melhor desempenho nas disciplinas de exatas, o cursinho vem trabalhando desde sua criação com o projeto “Matemática Mais”, que trabalha a matemática básica. “O projeto resgata os conteúdos básicos, em que geralmente o aluno de escola pública apresenta maior dificuldade. Este é o nosso diferencial”, diz o professor.

Expectativa - Kássia Fonseca, de 19 anos, é moradora do bairro do Tapanã e está fazendo a prova do Enem pela primeira vez. Ela pretende cursar Conservação e Restauro, e afirma que gostou da primeira avaliação e agora, apesar da ansiedade, está confiante.

“Estou confiante para a segunda prova. Aqui, a gente tem um excelente preparo. Minha dificuldade em matemática, às vezes, é interpretação, porque posso deixar passar alguma informação importante. Mas os professores estão sempre nos ajudando. Acho que estamos bem preparados”, conta a estudante, que ressalta que não é fácil se dedicar aos estudos por conta das dificuldades financeiras para arcar com transporte e lanche.

“Vou ser a primeira pessoa não só da minha família a entrar numa universidade, mas também dos meus amigos da minha rua. Muitas das minhas amigas já engravidaram, constituíram família, e alguns nem concluíram o ensino médio. E já me sinto vitoriosa”, comenta Kássia.

Thiago Costa, de 19 anos, quer cursar Ciências Biológicas e há três anos vem tentando alcançar a universidade. Ele vende empada no intervalo das aulas para ter dinheiro para o ônibus e continuar frequentando o cursinho. E está tranquilo para segunda prova.

“Gostei da primeira prova e agora espero arrebentar na segunda, porque é uma área que gosto e tenho prazer de estudar. Mas a maior dificuldade este ano é a questão financeira. Ficou pesado para a minha mãe. É das vendas de empadas que tiro dinheiro para vir”, diz Thiago, que revela que já pensei em desistir, mas a mãe não deixou.

Dicas - O professor Branco Ramos, diretor do Cursinho, aconselha os candidatos começar a resolver a prova pelas questões de matemática e depois passar para as demais de física, química e biologia.

“Comece pelas questões fáceis e deixe as difíceis para o final. Assim você ganha tempo. Também é bom responder a questão e marcar logo no cartão resposta”, orienta o professor. A expectativa do cursinho este ano é de 55% de aprovação dos alunos matriculados.

Inscrições - As matrículas do cursinho para 2020 estão previstas para janeiro e é preciso ser aluno de escola pública ou bolsista integral. É preciso apresentar a última nota do Enem ou o boletim escolar para quem vai fazer o exame pela primeira vez.

Tags

Cursinho Pré-Vestibular

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder