EDUCAÇÃO

Professores de artes de Belém participam de formação no Salão Arte Pará

Cerca de 40 professores que ministram artes nas escolas de Belém participaram nesta sexta-feira, 8, de um workshop de artes no Museu da Universidade Federal do Pará (Mufpa), que está com visitação aberta para a exposição “As Amazonas do Pará”, de curadoria de Nina Matos e consultoria de Paulo Herkenhoff, integrando a 38ª edição do Salão Arte Pará.

A formação educacional teve como tema a “Inclusão e Artes Visuais”. O objetivo foi inserir os professores da área no universo artístico paraense, introduzindo conhecimentos culturais, inclusivos e técnicas específicas adaptadas à realidade amazônica.

“Nós aproveitamos a exposição do Arte Pará para fazer uma formação de Artes Visuais para os professores da rede municipal, para que posteriormente possam conduzir os alunos para esse universo da educação visual, proporcionando a ampliação de seus conhecimentos e uma nova forma de repensar as práticas em sala de aula, possibilitando melhorias e novas aprendizagens para os alunos”, explicou Deionelpho Junior, professor formador de artes da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

A ação tem o incentivo da Prefeitura de Belém, por meio da Semec, e busca valorizar e capacitar os profissionais da área da educação, com capacitações, criações de projetos pedagógicos, entre outros, com o intuito de proporcionar um ensino de qualidade aos alunos da rede municipal.

“Nós viemos trabalhar aqui de forma prática as artes visuais dentro do paradigma da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que determina os conhecimentos e as habilidades essenciais que todos os alunos e alunas têm o direito de aprender, ano a ano, durante toda sua vida escolar, trazendo a inclusão como ferramenta mediadora de uma prática educacional de qualidade para nossas escolas”, disse Darcilene Batista, professora formadora de artes da Semec e organizadora do evento.

A Semec promove eventos de formação para professores todos os meses, mas essa é a primeira vez que os educadores vivem uma prática pedagógica dentro de uma exposição de artes. Durante a programação foram realizadas experiências para estimular a sensibilidade na inclusão social e o dom artístico dos profissionais de educação por meio de efeitos musicais, performáticos, poéticos e teatrais para que posteriormente sejam exploradas com os alunos no processo de aprendizagem em sala de aula.

Tags

semec

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder