MAIS DE 200

Semec apresenta projetos científicos exitosos no III Trilhas do Conhecimento

Com o objetivo de apresentar todos os projetos pedagógicos de sucesso executados durante o ano, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), realizou nesta segunda-feira, 2, no campus Alcindo Cacela da Universidade da Amazônia (Unama), a abertura do “III Trilhas do Conhecimento, Cultura e Arte”. Serão dois dias de evento, no qual serão apresentados mais de 200 projetos educativos que tiveram suas práticas exitosas ao serem aplicados nas 197 escolas públicas municipais.

“Esse evento vem culminar todos os trabalhos realizados durante o ano nas escolas municipais. Tivemos 216 inscrições de projetos científicos, 25 foram selecionados e serão apresentados aqui no Trilhas do Conhecimento”, explicou Ana Célia Carvalho, diretora de Educação da Rede Municipal.

Projetos - Trabalhos relacionados à educação para crianças com deficiência, desenvolvidos nas salas de Recursos Multifuncionais das escolas, projetos de saúde nas escolas, combate ao bullying, direitos da criança e do adolescente, entre outros, estão sendo abordados por meio de projetos como Inocência Roubada, Bem-Aventurados, Informática Educativa e Cantar-o-Lar. O evento também conta com a participação de turmas do curso de pedagogia da Unama.  

Especial - E em alusão ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência - comemorado nesta terça-feira, dia 3 -, a coordenadora da Educação Especial do Centro de Referência de Inclusão Educacional (Crie), Denise Costa, apresentou todo o trabalho de educação especial que é desenvolvido pela Prefeitura dentro das escolas. “Nós fazemos o diferencial por meio dos projetos e instrumentais pedagógicos voltados para o atendimento educacional especializado, que são articulados pela nossa equipe multiprofissional”, explicou Denise.

Trilhas - De acordo com Núcleo de Projetos da Semec, os projetos desenvolvidos pela Secretaria dentro das escolas têm o objetivo de qualificar professores e alunos da rede municipal de ensino, primando pela educação de qualidade do município, oferecendo a oportunidade de socializar saberes por meio das apresentações de diversas ações educativas que envolvem pais, estudantes e comunidades.

Um dos projetos de maior êxito é o Cantar-o-Lar, que estimula a educação dos alunos da rede pública por meio da arte. “O projeto já esteve presente em 34 escolas, onde alcançamos um número aproximado de 8.500 alunos, todos cantando, participando das rodas de conversa e aprendendo, por meio da música, temas como afetividade, cidadania, história, meio ambiente, erradicação do trabalho infantil, entre outros”, explicou Salomão Habib, coordenador do projeto Cantar-o-Lar.

Premiação - Karina Portal, diretora da escola Municipal Comandante Klautau, do bairro do Barreiro, conta com orgulho sobre os trabalhos desenvolvidos na escola, que resultaram em premiação. “Em 2019, desenvolvemos dois projetos, ‘A Leitura como Instrumento de Efetivação de Direitos’ e o ‘Aliança pela Paz: A Educação como Instrumento de Efetivação de Direitos’. Dentro desses dois temas macros, escolhemos trabalhar de forma lúdica o Estatuto da Criança e do Adolescente, focando na erradicação do trabalho infantil e abuso sexual. Esse trabalho resultou na premiação de 10 mil reais em material escolar pelo Ministério Público do Estado”, contou Karina.

Seminários - No segundo dia do ‘Trilhas do Conhecimento’, nesta terça-feira, 3, das 8h às 12h, será realizado no auditório David Muffarrej da Unama, o VII Seminário de Práticas de Alfabetização do Centro de Formação de Professores; e no período da tarde, das 14hàs 18h, o II Seminário de Gestão Escolar.

Tags

semec

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder