ASSISTÊNCIA

Moradores em situação de rua apresentam auto natalino

Alegria e boas interpretações marcam o espetáculo "Um Natal na Rua de Belém", que conta a história do nascimento de Jesus. A peça é interpretada por moradores em situação de rua no distrito de Icoaraci e vem sendo apresentada desde o último dia 6.

Promovido pela Prefeitura de Belém por meio do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua de Belém (Centro POP), o espetáculo já está na terceira apresentação deste mês e segue até o próximo dia 20.

Nesta terça-feira, 10, na terceira apresentação do espetáculo de Natal, nem mesmo o tempo fechado foi capaz de afastar o público. Com as sombrinhas preparadas para a chuva que poderia cair a qualquer momento, o público não arredou o pé da frente da Biblioteca Municipal Avertano Rocha, em Icoaraci, onde foi montado o palco para mais uma noite de apresentação.

A moradora Lucidalva Barros gostou do espetáculo e garantiu que estará em todas as próximas apresentações. “Eu amei, foi uma forma diferente de mostrar como estamos olhando para os moradores de rua, que nosso orgulho e falta de amor estão acima de tudo. Estarei nas outras apresentações e vou trazer mais pessoas da minha família e de onde eu moro”, disse a dona de casa.

A partir de setembro, as cerca de 50 pessoas que compõem o elenco da peça e que atuam nos bastidores ensaiaram diariamente por horas. Os treinamentos continuaram até a véspera da estreia. Para os atores, valeu a pena.

“Essa é uma responsabilidade muito grande e por isso venho me preparando para fazer o melhor possível em palco. Sonho com o dia que eu e minha esposa estaremos libertos do vício do álcool e das drogas para podermos criar nosso filho. Todos que trabalham no Centro estão empenhados em nos ajudar”, afirmou Almir Fernando, de 26 anos, um dos atendidos no Centro POP. Ele interpreta um morador em situação de rua que consegue compreender o verdadeiro sentido do Natal.

Maitê Portal, de 8 anos, estava atenta. Ela disse que a peça não traz apenas a história do nascimento de Jesus, mas a mensagem de que todos precisam olhar com mais amor para aqueles que estão em situação de rua. “Eu já conheço a história de Jesus, mas hoje aprendi que, apesar de algumas pessoas estarem morando nas ruas, elas precisam de amor e compreensão. Não podemos ter medo ou achar que somos melhores, precisamos ajudar. Eu sou só uma criança, mas sei que temos que fazer algo por estas pessoas”, afirmou.

Projeto - O espetáculo ocorre graças ao projeto cultural “RessignificArt”, que apoia o grupo de teatro Pop Arte, de moradores em situação de rua, desde 2015. O projeto conta com várias oficinas, como as de iniciação teatral, figurino, cenografia, expressão corporal, musicalização e produção textual.

“Só tenho que agradecer por esse belíssimo trabalho que o projeto ‘RessignificArt’ está fazendo, através do ‘Pop Arte’, com os moradores em situação de rua. Em nome da diretora Lidia Albuquerque, eu falo da importância que a gente tem nesse espaço dentro da biblioteca, que é justamente para que  trabalhos como esse venham contemplar a comunidade de Icoaraci”, afirmou Marilia Araujo, técnica cultural da biblioteca Municipal Avertano Rocha.

A programação segue até o próximo dia 20. Confira:

  • Dia 13, às 10h, no Sest/Senat, na avenida Augusto Montenegro.

  • Dia 13, às 20h, no Memorial dos Povos Indígenas, da Fumbel, na avenida Governador José Malcher.

  • Dia 17, às 19h, na Igreja Quadrangular em Outeiro.

  • Dia 20, às 19h, no Anfiteatro na Orla de Icoaraci.

Tags

assistência social

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder