Esporte

IV Copa Vitanat de Motocross esquentou o Pará no último final de semana

A chuva também fez questão de marcar presença nas competições e caiu forte sobre a pista durante à tarde dos dois dias de corridas.

A IV Copa Vitanat de Motocross foi de fortes emoções nas pistas paraenses. As competições, que ocorreram no último sábado e domingo, 14 e 15, no CT Vitanat, Km-20 da Alça Viária, em Marituba, Região metropolitana de Belém, foram acirradas e levaram o público ao delírio. Está foi a última competição de Motocross deste ano, no Pará.

A Copa Vitanat estava sendo aguardada por pilotos que vieram dos quatro cantos do Brasil e até do exterior, como foi o caso de Marcello Leodorico, o Marcelinho, que veio dos Estados Unidos, onde corre no AMA MX, para prestigiar o evento. O sol também quis ver de perto a corrida e não teve pena dos pilotos, que enfrentaram uma temperatura de escaldar, nas primeiras baterias dos dois dias. Emerson Oliveira, empresário e dono do Ct Vitanat, agradeceu a presença do público, que lotou as arquibancadas, e aos pilotos, que não mediram esforços para competir na corrida. Ele também disputou e levou o primeiro lugar na categoria Master.

“Graças a Deus nós fizemos uma corrida sem erros. Tinha bastante concorrente, mas a gente conseguiu largar e chegar à frente. Foi muito bom”, afirmou Emerson Oliveira. Na MX2 deu pilotos Vitanat nos quatro primeiros lugares do pódio; Diego Henning, número 169, em primeiro, João Victor Xavier, número 841, em segundo, João Victor Alves, número 743, em terceiro e Enzo Oliveira, número 6, em quarto. O quinto lugar ficou com Leandro Pará, número 21.

A chuva também fez questão de marcar presença nas competições e caiu forte sobre a pista durante à tarde dos dois dias de corridas. Com a pista mais difícil, os pilotos da categoria mais aguardada, MX1, deram largada e fizeram bonito sobre as duas rodas. Wellington Garcia, que foi 11 vezes campeão Brasileiro de Motocross, Pepê Bueno, também campeão brasileiro, e Diego Henning fizeram as pistas estremecerem.

No domingo, Wellington Garcia deu largada na frente, Pepê Bueno vinha na cola do Campeão e Diego Henning em terceiro. Mas o Cavalo, como é conhecido Diego Henning, acelerou para cima das duas feras e mostrou que o lugar mais alto do pódio era para dele. Fechou com Diego Henning em Primeiro lugar, Pepê Bueno em segundo e Wellington Garcia em terceiro.

“Larguei em segundo na MX1. Tentei não forçar, porque choveu bastante e a pista ficou bem diferente da primeira bateria e eu já tinha na cabeça onde ia ultrapassar. Graças a Deus deu tudo certo, consegui ultrapassar o Wellington e mantive um ritmo legal. Foi muito bom”, concluiu o piloto, que ouviu os gritos dos torcedores, que lotaram as arquibancadas, em cada volta que dava e mais ainda na hora que ultrapassou e ocupou o primeiro lugar.

Agora é preparar o coração para a V Copa Vianat de Motocross, no ano que vem.

Tags

Esporte Marituba Motocross

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder