FELIZ ANO NOVO

Milhares de famílias de Belém participam do réveillon 2020 no Portal da Amazônia

O ano de 2019 chegou ao fim. No adeus ao período que se foi e na celebração da chegada de 2020, a Prefeitura Municipal de Belém (PMB) promoveu uma grande festa para quem optou em passar o réveillon na capital paraense, que também se estendeu aos distritos de Icoaraci, Outeiro e Mosqueiro.

No espaço do Portal da Amazônia, bairro Jurunas, foi grande a reunião de público. De acordo com a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), a estimativa de público foi de 25 mil pessoas, grande parte do próprio Jurunas, e também Cidade Velha e Condor, bairros próximos do espaço turístico, localizado às margens rio Guamá.

Antes mesmo da virada do ano, que contou com uma queima de fogos, já era intensa a concentração de centenas de famílias, que se reuniram em grupos. Muitas delas levaram os produtos da ceia e as tradicionais bebidas como champanhe. A jurunense Érica Brito, de 39 anos, estava empolgada com as apresentações musicais, juntamente com o marido e demais familiares. “É o segundo ano em que estamos participando. Montamos uma mesa com pratos com camarão, bolo, torta de frango, farofa, salada, refrigerante e, claro, cerveja, item que não pode faltar. Estamos felizes, com a nossa família aqui, é muito bom”, descontraiu a dona de casa.

Simão da Mota, de 55 anos, aproveitou o som do grupo de samba, bem próximo ao palco. Descontraído e com uma cerveja na mão, o auxiliar de serviços gerais aproveita a programação oferecida pela Prefeitura de Belém, sempre que pode. “Quando estou de folga, sempre procuro vir com a família e amigos”, revelou Simão, que é morador da Cidade Velha.

Festa - A Fumbel planejou uma programação musical no sentido de agradar a todas as idades. A tradicional e animada banda Orlando Pereira abriu, por volta das 20 horas, as apresentações no palco montado à altura da rua Oswaldo de Caldas Brito. Em seguida, foi a vez do grupo Vem Ver-o-Peso do Samba, que se apresenta há três meses em áreas do Complexo Ver-o-Peso. E, na sequência, após a queima dos fogos, o grupo Sambloco subiu ao palco com o ritmo do chamado samba de partido alto, que atende ao público mais jovem.

“Contamos com a colaboração de todas as secretarias municipais, do apoio incondicional da Guarda Municipal, da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, além de efetivos das polícias Civil e Militar. Tanto ano passado, quanto este ano está sendo tudo satisfatório. O Corpo de Bombeiros está aqui para nos apoiar na montagem dos fogos, assim como a Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, avaliou a diretora de Ação Cultural da Fumbel, Silvia Lovaglio.

E como se esperava, a contagem regressiva ocorreu e a queima dos fogos, precisamente à meia-noite. Foram cerca de dez minutos de estouros de fogos de artifícios e um grande espetáculo de luzes e de cores que animou gente de todas as idades, sobretudo, a criançada. Ao todo, foram 400 tiros dos conhecidos kits pirotécnicos.

Oportunidades - Vanda Silva, de 39 anos, estava com a venda de comidas regionais, mas também de outras servidas no período natalino e durante as festas de final de ano. Ela é integrante da Associação dos Vendedores da Orla de Belém e garantiu uma boa renda com a venda de pratos ao valor de R$ 10,00. “Vendo comidas típicas e outras que têm o peixe como base. Cozinhei desde segunda-feira e não dormi. A expectativa de venda está muito boa”, garantiu Vanda.

Próximo à venda da Vanda, estava a animada Suely de Lima, de 79 anos, e com uma disposição invejável. Ao lado da irmã Helena e degustando um tira-gosto com uma cerveja, Suely era só descontração. “Sempre que estou em Belém, venho nessa festa. Acho bom, é um lazer sadio, familiar”, ressaltou a senhora que aguardava demais familiares. “Quero muita saúde, muita paz e que nosso Brasil consiga superar toda essa crise que estamos passando”, celebrou dona Suely.

O instrutor de academia, Luciano Araújo, de 29 anos, estava com a mãe e primos, e destacou a importância da data. “É um momento de reflexão, de revermos nossas metas e nossos objetivos. Que seja um ano de conquistas a todos”, afirmou.

Estrutura - A Guarda Municipal de Belém (GMB) contou um contingente de 100 agentes, sendo 60 operacionais e 40 táticos, durante a festa de réveillon no Portal da Amazônia. Além disso, contou um ônibus para triagem, viaturas e motocicletas. Até a meia-noite, nenhuma ocorrência foi registrada pela da GMB. A Secretaria de Saúde disponibilizou uma equipe de profissionais formada por médico, enfermeiro e auxiliares de enfermagem, que atuou em uma estrutura física montada próxima à rua Oswaldo de Caldas Brito. Uma ambulância de emergência estava de prontidão para possíveis atendimentos críticos.

Distritos - Na ilha de Mosqueiro, o réveillon foi realizado em dois lugares: na praça Matriz, desde as 22 horas, com as apresentações da cantora Cínthia Melo e da banda Chorando Pra Cachorro, e na praia do Farol, também desde as 22 horas, com DJs e o cantor Plínio do Cavaco. Em Outeiro, a festa foi com DJs e em seguida com a apresentação de Bianca Furtado e Banda, na praça da praia Grande. Já no distrito de Icoaraci, quem comandou a festa foi o cantor Bruno Benitez e o DJ Fabrício, na orla da praia do Cruzeiro.

Tags

adic admos arout fumbel guarda municipal semob sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder