ANIVERSÁRIO DE BELÉM

Gestão ambiental foi prioridade na capital paraense em 2019

No ano de 2019, a Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), contabilizou avanços importantes na área ambiental, aprimorando ações de podas, paisagismo, roçagem e limpezas em diversos espaços públicos da capital paraense, priorizando a manutenção e, paralelamente, dedicando espaços consideráveis à educação ambiental, em sintonia permanente com as comunidades.

Os desafios diários são grandes, considerando que Belém possui um número superior a 120 mil árvores, sendo mais de 10 mil mangueiras, arborização característica da cidade que é conhecida como “Cidade das Mangueiras”. A Semma tem uma preocupação permanente com a arborização, principalmente, em função do aspecto paisagístico da cidade e, ainda, pela elevada quantidade de árvores centenárias, que recebem tratamento especial do corpo técnico da Secretaria.

Segundo o titular da Semma, Pio Neto, dentre os diversos desafios estabelecidos no início de 2019, a Semma conseguiu alcançar números superlativos na manutenção vegetal.

“Conseguimos alcançar números bem interessantes, em uma cidade onde o número de vegetais ultrapassa os 100 mil. Desses números, são mais de 10 mil mangueiras, e dessas 10 mil mangueiras, pelo menos, 8 mil são centenárias. Por isso, precisamos ter uma responsabilidade bem acentuada no que diz respeito a esse controle ambiental”, pontuou Pio Neto.

Parcerias - As ações da Semma são permanentes e diárias, atingindo áreas de alto fluxo de trânsito e com influência no sistema de fornecimento de energia da cidade. Parcerias com a concessionária de energia Celpa/Equatorial e com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB) são fundamentais para o êxito das ações de poda, por exemplo.

Há também uma equipe qualificada de servidores da Semma e a participação das comunidades, que trazem informações e auxiliam nos trabalhos realizados. Somente nas solicitações de podagens vegetais são mais de 50 pedidos diários protocolados na Semma.

Podas de árvores - Os números registrados, no relatório de atividades da Semma no ano de 2019, apontaram que, entre janeiro a novembro do ano passado, 3.778 podas foram realizadas em Belém, com a máxima cautela com relação à fiação elétrica e controle quanto aos riscos de quedas de galhos na via pública e afins, seja de forma individual, seja em parceria com outros órgãos.

As podas ajudam também no controle do crescimento do vegetal e no aspecto paisagístico da cidade. Existe também o processo de reposição dos vegetais que tenham sido suprimidos de forma ilegal ou após realização de estudos que indicam o remanejo ou a substituição em vias públicas.

Paisagismo - Segundo números registrados pelo Núcleo de Planejamento da Semma, foram realizados 42.938 plantios de mudas durante o ano que passou, distribuídos em praças, canteiros e diversos logradouros públicos da cidade.

Programas da Semma como o Minha Rua, Meu Jardim, no qual áreas de descarte irregular de lixo são substituídas por paisagismo, receberam reconhecimento da população, com a participação efetiva de comunidades em mais de 100 áreas recuradas na grande Belém.

Bosque e Granja Modelo - Em dezembro do ano passado, o prefeito Zenaldo Coutinho assinou uma ordem de serviço (OS), referente a reformas expressivas em áreas consideradas prioritárias no segmento meio ambiente.

O Jardim Zoobotânico da Amazônia Bosque Rodrigues Alves está recebendo investimentos de recuperação, com valores orçados acima de R$ 1 milhão, e prazo de 12 meses para finalização.

Outro espaço que mereceu atenção especial foi a Granja Modelo, local onde a produção de mudas viabiliza a renovação permanente do aspecto paisagístico da capital paraense, que também está passando por uma ampla reforma com previsão de término para o final do primeiro semestre deste ano.

Teste de balneabilidade - O ano de 2019 também foi bastante positivo para coleta e monitoramento da qualidade das águas nas praias de Outeiro, Icoaraci, Mosqueiro e Cotijuba.

A cada seis meses, a Divisão de Fiscalização da Semma faz o monitoramento nas praias do município e apresenta os resultados para conhecimento da população que usufrui dos balneários na alta temporada, principalmente, nos meses de férias escolares. No ano de 2019 foi constatado que todas as praias estavam aptas para banho. Nos próximos dias, ainda em janeiro, um novo resultado deve sair, referente aos próximos seis meses de 2020.

Fiscalização - A Divisão de Fiscalização também foi destaque no carnaval 2019, na Aldeia Amazônica. Em operação conjunta com a Ordem Pública e a Guarda Municipal de Belém, foram fiscalizados sons automotivos em estabelecimentos comerciais que estavam acima do volume permitido. Ambulantes e demais pessoas foram notificados pelos fiscais da Semma para que o desfile não fosse prejudicado. A Semma concluiu essa operação conjunta, conseguindo coibir todas as intercorrências de poluição sonora na Aldeia Amazônica, assim como repetiu a ação em operações ao longo do ano.

Tags

Belém404Anos Ordem Pública semma semob

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder