Exportações

Apex-Brasil abrirá escritório no Pará

Base instalada na FIEPA atenderá toda a Região Norte

A partir de março deste ano, a região Norte do País contará com um escritório da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que será instalado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), em Belém. Os detalhes da parceria foram firmados nesta quinta-feira (16), durante um encontro entre o presidente da FIEPA, José Conrado Santos, o vice-presidente executivo da FIEPA, Marcos Marcelino, e o diretor executivo da Apex-Brasil, Edervaldo Abreu Filho.

Segundo o presidente da FIEPA, que foi um grande incentivador da vinda da Apex-Brasil para Belém, a instalação do escritório aqui no Estado representa uma oportunidade de fortalecer a cooperação já existente entre a entidade nacional e a FIEPA que, por meio do seu Centro Internacional de Negócios (CIN Pará), promove no Estado diversas ações voltadas para o aumento das exportações. “A FIEPA é grande incentivadora da vinda da Apex-Brasil para o estado do Pará, um estado que já é um grande exportador e tem potencial para crescer mais. Estamos acolhendo uma representação importante, pois atenderá toda a região amazônica. Já nos disponibilizamos também a agendar um encontro dos executivos da Apex-Brasil com os presidentes das federações das indústrias dos estados do Norte, durante a reunião da Ação Pró-Amazônia, na Confederação Nacional da Indústria (CNI), para que os demais estados também conheçam essa atuação da agência na região”, afirma o presidente da FIEPA, José Conrado Santos.

O representante do escritório Apex-Brasil Norte, Essio Lanfredi Neto, lembra que esse novo momento é o estreitamento de uma antiga parceria. “Já existe um trabalho realizado em parceria com a FIEPA, como por exemplo os encontros realizados em 2019, juntamente com o Centro Internacional de Negócios, com representantes da Indonésia, Hong Kong e outros países. Sabemos da competência da FIEPA e vamos contribuir mais para o desenvolvimento local”.

“Nosso objetivo é ajudar a região a se desenvolver, com pessoas qualificadas e que se dediquem às empresas e seus processos de internacionalização. É um ganho muito grande também para a FIEPA”, reforça o diretor de Gestão Corporativa da Apex-Brasil, Edervaldo Teixeira de Abreu Filho.

Exportações – De acordo com dados do Ministério da Economia, analisados e divulgados pelo Centro Internacional de Negócios da FIEPA, em 2019 o Pará exportou um total de US$ 17.486.997 bilhões, ficando em primeiro lugar no saldo positivo da balança comercial (US$ 16.266.781 bilhões), ultrapassando estados como Minas Gerais e Mato Grosso.

Para a coordenadora do CIN FIEPA, Cassandra Lobato, os resultados demonstram a importância do Pará no cenário econômico nacional. “Hoje, além de sermos o primeiro lugar em saldo na balança comercial brasileira, somos também o quinto maior exportador, o que demonstra que o Pará está muito bem posicionado no comércio exterior e a chegada da Apex-Brasil vem contribuir para um dos desafios que temos, que é aumentar e diversificar a nossa pauta de exportações para que nosso estado continue cada vez mais pujante”, explica Cassandra Lobato.

Atendimentos - O Centro Internacional de Negócios da FIEPA, que trabalhará em conjunto com a Apex-Brasil Norte, tem potencializado os atendimentos à pequenas e médias empresas do Estado, que buscam expandir seus negócios para outros países. De acordo com os dados da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), em 2019 o CIN Pará realizou 477 atendimentos, ficando em primeiro lugar no ranking de atendimentos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil.

Atuação Apex-Brasil - A Apex-Brasil atua na promoção da competitividade das empresas brasileiras em seus processos de internacionalização. Com sede em Brasília, possui escritórios regionais sediados no Estado de Pernambuco, para atender a Região Nordeste; no Estado de São Paulo, com abrangência na região Sudeste; e no Rio Grande do Sul, com atuação na região Sul do País. Também possui escritórios na África e Oriente Médio (Dubai e Jerusalém), América do Norte (São Francisco e Miami), América do Sul (Bogotá), Ásia e Oceania (Pequim e Xangai), Europa (Bruxelas) e Eurásia (Moscou).

Tags

Apex-Brasil Exportação Fiepa

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder