Negócio comunitário

ONG lança guia sobre cooperativas agroextrativistas na Amazônia

O Instituto Floresta Tropical lança, nesta semana, a versão impressa da cartilha “Cooperativas Agroextrativistas – Guia passo a passo para a criação de um negócio comunitário”. A publicação, também disponível em versão digital no site do IFT, aborda de maneira prática e didática o fomento de cooperativas e a autonomia das comunidades agroextrativistas.

Dispondo de uma linguagem simples, com ilustrações, modelos de documentos e exemplos de planejamento participativo, a cartilha destaca a importância da formação e da organização comunitária no processo de criação de uma cooperativa. O Guia mostra ainda um panorama sobre gerenciamento de custos, legislação e elaboração de estatuto.

A publicação é uma iniciativa do IFT por meio do projeto Florestas Comunitárias. Em 2017, o projeto apoiou a implementação do manejo florestal comunitário e assessorou o estabelecimento de uma cooperativa agroextrativista na Resex Verde para Sempre, no município de Porto de Moz, oeste do Pará.

“O IFT acredita no cooperativismo como uma estratégia comunitária de desenvolvimento econômico e bem-estar social que incide diretamente na vida das populações agroextrativistas na Amazônia. O cooperativismo amplia as condições de acesso aos recursos naturais por meio do uso sustentável, o que contribui diretamente com a conservação ambiental e cultural desses territórios”, destaca a ex-coordenadora do programa Florestas Comunitárias, Ana Carolina vieira, autora e organizadora da publicação.

Clique aqui e baixe a versão digital do guia

Tags

Amazônia cooperativismo Economia empreendorismo Floresta Amazônica sustentabilidade

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder