TRADIÇÃO

Carnaval de Belém resgata Batalha de Confetes dos blocos de bairros

Para valorizar uma das práticas culturais que compõem o carnaval da cidade, a Prefeitura de Belém retomou este ano o tradicional concurso de blocos de rua. Denominado de Batalha de Confetes, o evento foi organizado pela Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), em parceria com a Liga dos Blocos. A folia foi na tarde de domingo, 23, e contou com a participação de seis blocos que saíram dos bairros da cidade com destino à Aldeia Amazônica David Miguel, na Pedreira.

“Esse ano a gestão resolveu apoiar de uma maneira diferente os blocos para que eles criassem independência e autonomia, então cada bloco organizou a programação do seu bairro e o resultado foi essa grande festa. A batalha de confetes já é um sucesso”, comemorou Ruth Botelho, chefa da divisão de artes cênicas da Fumbel.

Brincantes - Centenas de pessoas participaram da batalha. “O nosso bloco é tradição e já existe há 32 anos aqui no bairro da Sacramenta Esse ano nós organizamos a Batalha de Confetes e os brincantes reagiram muito bem. Já tínhamos realizado um tempo atrás, aqui mesmo no bairro da Pedreira e a aceitação foi boa O apoio financeiro da prefeitura que nós recebemos foi investido na vestimenta dos brincantes com abadás, na estrutura de som e na melhoria dos instrumentos da nossa bateria”, detalhou Rian Novaes, da comissão carnavalesca, bloco Chupicopico.

A rainha de bateria do bloco Sapo Muiraquitã, Crysia Lima, foi um dos destaques na avenida. “Há três anos desfilo pela escola e essa é a primeira vez como rainha da escola. Está sendo maravilhoso representar toda a escola. É muito gratificante”, explicou a rainha de bateria. “A comunidade está sempre unida e participativa. A volta deste evento está sendo muito positiva, pois valoriza os nossos blocos, eu tenho certeza que vai nos fortificar e ano que vem voltaremos com uma festa mais linda ainda”, completou.

Cremação -  Em outro ponto da cidade, na rua Fernando Guilhon, entre a travessa 14 de março e avenida Alcindo Cacela, a batalha reuniu os blocos Cheiro-Cheiroso e Estrela Reluzente, sendo o último o campeão do concurso no bairro a Cremação. Muitas famílias se reuniram para cair na folia. ‘Sempre existiu a batalha de confete em nosso bairro, mas ficamos três anos sem participar, e este ano conseguimos o apoio da prefeitura”, disse Ana Paula Amorim, moradora da Cremação. "A batalha de confete é o melhor resgate da cultura. Ao longo da minha infância e juventude participei de muitos desfiles", destacou.

Homenagem - Durante a comemoração, houve premiações de melhor fantasia e também uma linda homenagem ao morador ilustre Francisco Raimundo Neto (Quincas), de 88 anos, nascido e criado no bairro da Cremação.  Ele fundou a malhação do Judas no bairro e lembra que sempre frequentou as batalhas de confetes do bairro. "Todos os parentes e amigos se reuniam aqui na frente de casa. Isso faz parte da história do bairro. Nós tínhamos um grupo Os sociais da Cremação,  vestidos de paletó, gravata e máscara. È uma festa que reuni toda a  família", ressaltou o morador.

Disputa - A disputa feita por votação on-line reuniu 11 blocos dos bairros da Pedreira, Sacramenta, Terra Firme, Cabanagem, Condor, Umarizal e Guamá, no período de 14 a 21 de fevereiro. Os internautas tinham que responde "No carnaval 2020, qual o seu bloco do coração". Confira a apuração:

1º Estrela reluzente: 920 votos

2º Mocidade alegrense: 787 votos

3º Cheiro cheiroso: 780 votos

4º Encantos do Pará: 683 votos

5º Mexe mexe: 680 votos

6º Chupicopico: 528votos

7º Unidos do Umarizal: 522 votos

8º Mocidade Independente: 465 votos

9º Estação Terceira: 344 votos

10° Sapo Muiraquitã: 340 votos

11º Unidos da Pedreira: 143 votos

*Texto com a colaboração de Marina Pereira (Fumbel)

Tags

fumbel

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder