CORONAVÍRUS

Prefeitura de Belém adota novas medidas no enfrentamento ao Covid-19

A Prefeitura de Belém substituiu a coletiva com a presença de imprensa, por live em redes sociais, para divulgar as novas medidas que vão ser adotadas pela gestão municipal para o enfrentamento e proliferação do novo Coronavírus na capital. O anúncio ocorreu na tarde desta sexta-feira, 20.

O prefeito Zenaldo Coutinho respondeu perguntas de jornalistas e anunciou as novas medidas que a capital tomará a partir deste sábado, 21. Veja a relação:

Shoppings Centers ficam fechados a partir das 20 horas desta sexta-feira, 20, e retornam no dia 6 de abril, podendo ser prorrogado. Serviços de delivery e o atendimento das farmácias serão permitidos.

As clínicas, laboratórios e supermercados que estiverem dentro de shoppings centers, permanecerão abertos. O resto do shopping estará fechado.

Eventos coletivos com público estão proibidos, independente do número de pessoas, para que não haja aglomeração. Pessoas que tiverem consultas marcadas nas unidades de saúde e não sejam de urgência, recomenda-se que agende para outro momento. Pessoas do grupo de risco têm prioridade.

Enfermeiros e técnicos de enfermagem, do último concurso público, estão sendo chamados para ocupar os cargos e ajudar a cidade no combate ao novo Coronavírus.

Já neste final de semana, não será isolada a via no Portal da Amazônia. A pista não será mais interditada, como ocorre aos domingos, para espaço de lazer. Serão proibidos, ainda, os aluguéis de patins, bicicletas e skates.

Em virtude da diminuição do número de pessoas circulando no sistema transporte público da capital, que na quinta, 19, chegou a 43%, a Prefeitura de Belém adotou novas medidas de funcionamento do Sistema BRT, a partir deste sábado, 21.

Os ônibus articulados do BRT não irão circular neste sábado e domingo. O objetivo é evitar a circulação dos veículos climatizados, que não possibilitam a abertura de janelas. Os terminais e estações estarão fechados neste domingo, 22, para que não haja aglomeração de pessoas. Sendo assim, não haverá integração e os ônibus troncais vão circular por fora da canaleta, começando o itinerário desde a origem, nos bairros do Paracuri I e Paracuri II, em Icoaraci, e no bairro da Brasília em Outeiro, até o centro de Belém.

A partir de segunda-feira, 23, a integração dos troncais com as linhas alimentadoras será reativada, com algumas mudanças: a frota dos ônibus troncais será dividida em três partes: os que saem dos bairros até São Brás, os que vêm dos bairros até o centro de Belém, e aqueles que começam viagem no terminal Maracacuera fazendo integração com os que chegam dos ônibus convencionais. Ou seja, o usuário ficará com a possibilidade de entrar no ônibus tanto pelos terminais, como por fora das canaletas.

Os ônibus articulados também retornam na segunda-feira, mas só nos horários de pico.

Outra medida anunciada foi em relação ao pagamento de impostos. Quem não pagou o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em cota única, pode pagar até o dia 10 de abril, com desconto de 7%. E a Taxa de Licença para Localização e Funcionamento (TLPL) teve o prazo ampliado para pagamento até o dia 10 de maio. 

Ainda de acordo com as medidas anunciadas pelo prefeito, o Programa de Regularização Incentivada (PRI), que é o programa de pagamento de dívida tributária, concederá 100% de desconto de juros e multas. Será publicado um Decreto com essa permissão. “Essas ações têm duplo objetivo: equilibrar no momento de crise, em que a atividade de econômica reduz as suas receitas, mas também, por outro lado, fazendo com que as pessoas cumpram as suas obrigações tributárias, para que o município tenha um fôlego nesse momento de crise”, pontuou Zenaldo.
 

Tags

Belém Coronavírus Covid-19

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder