PREVENÇÃO

Mais de 36 mil pessoas são vacinadas no primeiro dia de campanha contra a gripe

No primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe na capital paraense, realizada nesta segunda-feira, 23, mais de 36 mil pessoas foram vacinadas, grande parte idosos, mas também profissionais da área de saúde. A procura foi intensa nas Unidades Municipais de Saúde e postos extras montados pela Prefeitura Municipal de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).
A procura superou as expectativas que, segundo a Sesma, era de cerca de 20 mil vacinas a serem administradas na abertura da campanha. Contudo, a Sesma estava preparada para atender uma maior procura.

Neste ano, o Governo Federal adotou a vacinação dos grupos prioritários por etapas, iniciando com pessoas com mais de 60 anos e profissionais da saúde. Para atender estes grupos e seguir os critérios de segurança em tempos de transmissão do novo Coronavírus, a Sesma orientou as unidades de saúde a manterem os postos com suas áreas abertas, como espaço multiuso, jardins e estacionamentos. A estratégia deu certo, mas com a grande procura, foi reforçada a orientação para que as pessoas não ficassem próximas, o que foi acatado por poucos.

Na Unidade Municipal de Saúde da Marambaia, somente pela manhã, foram administradas 870 doses da vacina contra a gripe. Já na UMS Sideral foram 500 doses. Na cremação foram 1.300 vacinas aplicadas “É importante que todos tenham calma, tem vacina para todos. A secretaria está com as salas de vacinação ativas, além dos postos extras que ampliam a nossa estratégia, que são Aldeia Amazônica e os estádios da Curuzu e do Baenão”, destacou David Rosário, enfermeiro do Departamento de Vigilância em Saúde.

Dentre os postos extras, a vacinação também superou as expectativas. Na Aldeia Amazônica, que funcionou com drive thru foram aplicadas mais de 700 doses em idosos sem que precisassem sair dos veículos. Cada atendimento durava cerca de dois minutos. “Foi uma estratégia diferenciada e com bastante adesão da população. Esse modelo será ampliado para outros pontos da cidade”, afirmou David.

A vacinação contra a gripe continua até o dia 15 de abril para idosos e profissionais da saúde, e imuniza contra os vírus Influenza A/H1N1pdm09, A/H3N2 e B Victoria, que foram os tipos de vírus mais circulantes no ano passado em todo o mundo e será uma importante aliada no diagnóstico do novo Coronavírus (Covid-19), uma vez que as pessoas vacinadas ficam protegidas de outros vírus da gripe.

Novos postos - A partir desta terça-feira, 24, até o dia 27 de março, a Sesma implantará mais postos de vacinação na capital. Serão somados pontos nas praças Batista Campos e República, loja Di Casa (Entroncamento), Unifamaz (Doca), Escola de Enfermagem Magalhães Barata (Guamá), Portal da Amazônia (ao lado da Guarda Municipal), Quadra espaço Doroty Stang (Sacramenta) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (Ifpa- Almirante Barroso). A Unidade Móvel de Vacinação dará apoio na Aldeia Amazônica, bairro da Pedreira. Todos esses postos extras funcionarão das 9h às 14h.

Já no dia 25 de março, das 9h às 14h, será disponibilizado posto na Escola Superior de Educação Física (João Paulo II), na sede social do Paysandu (Av. Nazaré) e na Universidade do Estado do Pará (Uepa - Telégrafo). Nas unidades municipais de saúde, a vacinação continua de 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.
 

Tags

Coronavírus VACINA CONTRA GRIPE vacinação

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder