REFORMA

Mercado do Ver-o-peso começa a receber nova cobertura

Dentro da obra de manutenção de um dos mais importantes pontos turísticos de Belém, o mercado do Ver-o-peso, começou, nesta sexta-feira, 24, a instalação da nova cobertura em lona, substituindo a antiga estrutura instalada há mais de 20 anos no local. Ao todo, serão 14 mil metros quadrados de cobertura nova, com durabilidade de mais de oito anos e maior resistência ao calor.

De acordo com a secretária municipal de Urbanismo, Annete Klautau, a nova cobertura foi pensada para dar melhores condições de trabalho aos feirantes. “Ela foi fabricada de forma mais resistente, com três camadas de material, além de ter resistência térmica, o que diminui bastante a sensação do calor embaixo da lona.  As estruturas metálicas que sustentam a nova lona também passam por reparo e pintura”, detalha a titular da Seurb. 

Instalação - A instalação começou pelo setor de industrializados, com um trecho de 300 metros quadrados de lona nova. O trabalho contou com um esforço braçal de operários para erguer toda a extensão do material e posicioná-lo sobre área que abriga a comercialização de confecções. “Depois de suspender a lona a uma altura de dois metros, nós a fixamos nas estruturas de sustentação, para então posicioná-las na altura anterior. Depois disso, vamos tencioná-la com auxílio de cabos de aço para que ela tome a forma de acordo com o projeto original”, explica o engenheiro da Construtora Impax, responsável pela obra, Henry Raiol. 

Antes de chegar ao local de instalação, a lona foi montada de forma manual, em um galpão especial,  passando por corte, soldagem e testes de resistência. A empresa tem um prazo de cerca de 20 dias para concluir a instalação da cobertura sobre todos os setores. 

Remanejamento - Para realizar a substituição da cobertura, a Secretaria Municipal de Economia (Secon) está organizando o remanejamento dos feirantes para a feira provisória. “Nós que executamos a obra não podemos atrasar o cronograma de execução. Por isso, construímos uma feira provisória para acolher os feirantes e poder avançar com a obra na feira. Contamos com a compreensão deles, pois o remanejamento é fundamental para a instalação da nova cobertura e demais etapas da obra”, ressalta Annete Klautau. 

A feira provisória já foi concluída e está preparada, com instalações de luz, água e esgoto, para receber os permissionários, que serão remanejados por setor.  O espaço provisório tem capacidade para abrigar até 136 feirantes. 

A secretária destaca ainda que todos os cuidados contra a propagação da Covid-19 estão sendo tomadas nos canteiros de obra. 

Obra - Em paralelo a essa etapa, a obra segue com reformas nos pisos, internos e externos, revitalização de drenagem, estruturas metálicas e instalações elétricas.
 

Tags

secon seurb ver-o-peso

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder