Covid-19

Polícia Militar implementa medidas de assistência à corporação durante a pandemia

Atendimento médico 24 h, testes rápidos e higienização de viaturas e quartéis estão entre as várias ações divulgadas pela instituição

A Polícia Militar do Pará já adota a prestação de assistência específica aos policiais militares e seus dependentes em decorrência da pandemia do novo Coronavírus. O objetivo é esclarecer à tropa, e aos demais segmentos sociais, sobre as medidas desenvolvidas pelo Corpo Militar de Saúde da PM, divulgadas nesta terça-feira (28). Entre as medidas já postas em prática, estão:

Médicos 24 h: O Corpo Militar de Saúde tem mantido uma estrutura de atendimento 24 h, com médicos e auxiliares, consultando cerca de 200 militares e seus dependentes diariamente, que procuram o serviço como primeiro atendimento nas suspeitas de Covid-19. Os atendimentos ocorrem no Ambulatório Médico Central da PM (AMC) e nas Unidades Sanitárias de Área.

Medicamentos sob prescrição médica: O Ambulatório Médico Central também distribui os medicamentos Azitromicina e Hidroxicloroquina aos militares que apresentam prescrição médica. A distribuição está atrelada ao fornecimento à Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).

Transporte em casos de emergência: O AMC também tem auxiliado militares e seus dependentes com as ambulâncias, que operam em regime de 24 h no transporte emergencial de doentes.

Parcerias: Os encaminhamentos dos casos mais complexos são feitos com o auxílio e a mobilização de uma rede de parceiros, como a Policlínica Metropolitana, o Hospital de Campanha de Belém, no Hangar – Centro de Convenções da Amazônia, o Instituto de Assistência dos Servidores do Estado (Iasep), o Fundo de Assistência Social da Polícia Militar (FAS PM) e o Fundo de Saúde (Funsau). Essas entidades têm disponibilizado, dentro de suas capacidades, consultas, exames de tomografia e outros considerados necessários, como internações em hospitais de referência e UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

Testes rápidos: A PM também utiliza a testagem rápida dos militares com suspeita da doença, a partir de determinados critérios, a fim de detectar os casos positivos para melhor acompanhamento e cuidados. Além disso, os profissionais do Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social (Ciap) realizam acolhimento e orientação do efetivo.

Equipamentos de Proteção Individual: Em abril foi adquirido um grande volume de equipamentos de proteção, incluindo 72 mil luvas descartáveis; 53.900 máscaras; 350 unidades de sabonete líquido; 6.600 litros de álcool em gel e 5.933 litros de álcool líquido 70%, para uso da tropa e higienização das viaturas.

Higienização dos quartéis: Por meio de parceria com órgãos estaduais e municipais, a PM está higienizando a estrutura física dos quartéis, na capital e no interior. Já foram higienizados o Quartel do Comando Geral, o Batalhão de Ações com Cães (BAC), o 1º e o 2º Batalhões, e a 6ª Companhia Independente de Polícia Militar, no município de Tailândia, na região sudeste.

Tags

Coronavírus PMPA Segurança Pública

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder