PLANEJAMENTO

Zenaldo Coutinho participa de reunião com diversos segmentos para retomada das atividades em Belém

A tarde desta terça-feira, 19, foi de extensa reunião entre o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, e representantes de diversos segmentos, tanto de setores econômicos como religiosos, empresários e trabalhadores, além de titulares de pastas municipais, incluídos da saúde, economia e de finanças, para discutir a retomada das atividades na capital.

“Essa é a primeira reunião do grupo para definir propostas e protocolos para a abertura das atividades em Bele´m”, destacou Zenaldo Coutinho. “Precisamos ter responsabilidade, seriedade e bom senso para superar todo este momento dentro da nossa cidade”, completou.

O encontro foi o primeiro do plano de retorno que a Prefeitura de Belém está preparando para ser executado após o fim do decreto do lockdown, marcado para o próximo domingo, 24.

“Os shoppings já estão preparando também um plano de retorno para que medidas sejam adotadas pelos empreendimentos, de modo que não haja aglomeração e que, ainda, possam continuar com os cuidados preventivos”, comentou Izabel Portela, que representou os shoppings de Belém.

Ainda de acordo com o prefeito de Belém, os setores deverão encaminhar proposta até esta quarta-feira, 20, e na quinta, 21, será formulado um plano de retorno para o novo decreto ser publicado ainda na sexta, dia 22. “O objetivo é que nós tenhamos uma cumplicidade a favor da vida e a favor, também, da liberdade das pessoas exercerem suas atividades, ou seja, no seu ponto de vista econômico, religioso, físico e etc. Que possamos fazer essa metodologia aplicada, com propostas setoriais, tendo como regra a volta das atividades, mas com as rotinas de acordo com as sugestões apresentadas”, ressaltou.

A sugestão unânime, já neste primeiro momento, é de que deve haver regras para o retorno e a expectativa é de que elas sejam apresentadas na reunião de quinta marcada para a tarde. “O sucesso dessas medidas será êxito coletivo”, reforçou Zenaldo Coutinho. “Outros segmentos pediram para participar e serão incluídos para o reforço deste retorno que deve ser gradual e com responsabilidade”, completou.

“A flexibilidade tem que existir e que seja a mais proporcional, de maneira linear, contando com os cuidados”, ponderou Samuel Câmara, pastor da Assembleia de Deus na capital paraense.

Tags

Coronavírus

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder