FISCALIZAÇÃO

Estabelecimentos no Guamá são multados e fechados em operação

Durante as rondas na cidade nesta sexta-feira, 22, a Guarda Municipal de Belém identificou dois estabelecimentos no bairro do Guamá que estavam abertos e não se encaixavam na descrição dos serviços essenciais. Os locais foram multados e fechados.

Ainda durante a operação desta sexta, alguns estabelecimentos que têm venda casada - vendem produtos considerados essenciais e não essenciais -, foram orientados a tirar de suas gôndolas os produtos proibidos durante o período de proibição. 

A atuação da Guarda Municipal de Belém (GMB) tem sido fundamental nas ações desenvolvidas pela Prefeitura de Belém, no enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus. São feitas operações diárias em feiras, bairros e até mesmo em barreiras integradas de trânsito nas ruas com grande fluxo. Além disso, os agentes seguem com o serviço de rondas e em postos de serviços.

“As ações da corporação no combate à Covid-19, começaram desde a publicação do decreto municipal 95.955, onde os grupamentos passaram a fazer rondas pela cidade e distritos, emitindo alertas sonoros, conscientizando sobre os cuidados que a população dever ter para não propagar o vírus”, afirma Guilherme Freitas, inspetor Geral da Guarda Municipal de Belém.

Dados - Belém ainda está com uma taxa de isolamento social inferior aos 70% recomendado, diante disso, a GMB segue com rondas preventivas, ostensivas e repressivas, orientando a população quanto às normas estabelecidas no decreto. "É preciso garantir o isolamento social, e ficar em casa, é o momento de pensar no bem coletivo”, destacou o inspetor Geral da GMB.

Mesmo diante da pandemia do Coronavírus, e diminuição do fluxo de pessoas nas ruas, a guarda não paralisou nenhuma atividade e segue trabalhando para garantir a segurança da população. “Os guardas continuam seus trabalhos de combate à criminalidade normalmente, ou seja, quando estão na ronda ou indo fiscalizar alguma denúncia recebida pelo 153, eles estão atentos às situações suspeitas”. 

Apreensões - Só esta semana, o Grupamento de Ações Táticas (GAT), deteve duas pessoas durante as rondas. No início do mês de maio, outros dois homens foram detidos acusados de roubo e, no dia 10 de maio, um senhor de 60 anos que portava uma arma e chegou a disparar contra os guardas.
 

Tags

Coronavírus guarda municipal

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder