MEDIDAS

Comitê de Segurança Municipal realiza fiscalização no Comércio de Belém

A Prefeitura de Belém, por meio do Comitê de Segurança Municipal, composto pela Ordem Pública, Guarda Municipal de Belém (GMB) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (SeMOB), realizou nesta terça-feira, 2, fiscalização no comércio da capital para garantir o cumprimento das medidas de segurança determinadas pelo Decreto Municipal nº 96.378, para evitar a disseminação da Covid-19.

A coordenadora da Ordem Pública, delegada Elizete Cardoso, afirma que pessoas e empresas ainda estão desobedecendo às medidas de segurança como o uso obrigatório de máscara, a higienização em estabelecimentos comerciais, nem evitando a aglomeração pessoas nestes espaços. “A partir de hoje, todo o comitê estará fiscalizando o comércio para que a reabertura das lojas ocorra como determina o decreto, ou seja, dentro das normas de segurança, permitindo a volta ao trabalho e a retomada da economia. Mas a conscientização da população é muito importante para combater à Covid-19”.

Comércio – Pela manhã, a fiscalização iniciou na rua Santo Antônio e seguiu até a rua João Alfredo, retornando pela rua 13 de Maio e 28 de setembro, e seguiu desta forma por outras vias do comércio. A ação segue até o próximo sábado, 6.  Ao todo 50 agentes participam da fiscalização.

Até o final da manhã, a Ordem Pública autuou uma pessoa que estava sem máscara e uma loja pequena, que estava com mais de 15 pessoas no espaço, não oferecia álcool em gel e nem orientava sobre o distanciamento entre as pessoas na fila. 

A multa para pessoa física é de R$ 150 e para pessoa jurídica pode variar de mil a 50 mil reais, de acordo com a avaliação da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin). A multa pode ser recorrida.

Transeuntes e lojistas se mostraram satisfeitos com a presença dos órgãos da Prefeitura de Belém. Ligiane Nunes, natural de Ponta de Pedras, no Marajó, está em Belém acompanhando o marido que precisou de consulta médica, e aprovou a ação no Comércio. “Vim para uma consulta médica. Só saí por necessidade mesmo, mas gostei da fiscalização, porque a gente tem que se prevenir, e pensar nas outras pessoas que precisam sair de casa”, disse.

A vendedora Gleice Pantoja afirmou que ainda há aglomeração nas lojas. “Assim que a gente abre a loja, oferecemos o álcool em gel, e as pessoas vão se aglomerando. A gente pede para manterem o distanciamento, mas elas ainda ficam com raiva. Por isso a fiscalização é muito boa, porque as pessoas não entendem que o risco de ser contaminado é muito grande”.

Orientação - Maria Lucirene Gomes, dona da barraca de café da manhã, foi orientada pelos integrantes do Comitê de Segurança Municipal a somente fornecer o alimento, retirando os bancos para não incentivar a aglomeração de pessoas em sua barraca de vendas.

Adaptação - Muitas lojas começaram a vender seus produtos online, e o cliente apenas passa para retirar o produto, no entanto, alguns locais receberam um número alto de clientes. “Estamos atendendo muito pelo whatsapp, mas tem cliente que vê a porta aberta e quer entrar.  A gente tem feito um controle dentro da loja, mas não conseguimos controlar lá fora, e acaba gerando filas. As pessoas não entendem e, só com a fiscalização é respeitado o distanciamento”, conta Gleice Letícia Pinheiro, gerente de uma loja de importados. As lojas foram orientadas a distribuir até 20 senhas para evitar filas longas fora do estabelecimento.

Guarda – Também nesta terça, a ação da Guarda Municipal, através do Grupamento de Ronda da Capital (Rondac) fiscalizou feiras e bairros do Guamá, Jurunas, Cremação, São Brás, e o mercado do Ver-o-Peso. Foram feitas orientações sobre distanciamento, aglomeração, e uso obrigatório de máscara. Durante a manhã, 19 pessoas foram orientadas sobre o uso de máscaras, e também foram distribuídas máscaras a quem não tinha. Ao todo, 45 estabelecimentos entre lojas de departamentos e camelôs, receberam orientações.

Já a SeMOB realizou seis autuações, sendo quatro por estacionar em calçadas, e duas por condutores sem o uso do capacete.
 

 

Tags

Coronavírus guarda municipal semob

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder