ECONOMIA

Obras de reforma e ampliação do Complexo do Jurunas avançam para a reta final

A população do bairro do Jurunas vai ganhar um novo complexo de abastecimento, totalmente reconstruído. A obra, iniciada em julho do ano passado, já está com quase 75% dos serviços executados. Cerca de 80 operários trabalham na obra, em diversas frentes de trabalho.

As antigas barracas deram lugar a 409 novos boxes em alvenaria com instalações hidráulicas e elétricas individuais, além de pintura, revestimento e fechamento adequado para cada setor. A cobertura é nova, com estruturas e telhas metálicas. O piso em concreto foi reformado e está recebendo revestimento em korodur.

O espaço ganhou ainda novas instalações hidrossanitárias e de esgotamento, além de banheiros feminino, masculino e para pessoas com deficiência. Uma nova cisterna foi construída e uma estrutura de 16 metros de altura está em construção para sustentar a caixa d’água de 45 mil litros.

A secretária municipal de urbanismo, Annete Klautau, informou que a obra está dentro de um alto padrão de qualidade. “Essa é uma obra muito emblemática desta gestão pela sua grandiosidade e a qualidade dos serviços já executados em cada detalhe. Os frequentadores e os feirantes vão ter um espaço novo, higiênico, arejado com visual moderno e organizado”, destacou a secretária.

Os serviços se concentram, agora, nos acabamentos dos boxes. Mais de sete equipes se empenham em diversas frentes de trabalho e algumas delas têm oficina própria montada no local da obra. Dentre as frentes de serviços estão as de metalurgia, montagem de telas, montagem de portas de enrolar, corte de chapa, revisão de estruturas, alvenaria, ferragens, montagem de estruturas metálicas, betoneira, produção de concreto e de instalações elétricas e hidráulicas.

“Os boxes de cada setor ganharam layout, instalações e fechamento de acordo com a necessidade e a realidade de cada espaço. No setor de industrializados, por exemplo, está sendo implantada porta de correr e cobertura em madeira”, explica Reinaldo Leite, diretor do Departamento de Obras Civis da Secretaria Municipal de Urbanismo (Seurb).

O Complexo do Jurunas é considerado um dos logradouros de abastecimento mais completos da capital paraense. Há doze setores na feira: hortigranjeiros, industrializados, alimentação, lanches, mercearia, serviços, farinha, carnes, aves, pescados, mariscos e ervas medicinais. Atuam no espaço 278 permissionários, além dos ajudantes, suprindo principalmente as demandas dos moradores do bairro do Jurunas.

Capacitação - Desde dezembro de 2019, a Sala do Empreendedor da Secretaria Municipal de Economia (Secon) tem oferecido palestras de capacitação profissional a todos os permissionários do Complexo do Jurunas cadastrados. Entre as temáticas já abordadas aos feirantes estão: Educação Financeira, Vantagens da Formalização, Gestão Inovadora de Feiras e Mercados, Empreendedor com Sucesso, Excelência no Atendimento, Redes Sociais como Atrativo aos Clientes, Boas Práticas de Manipulação de Alimentos e Coleta Seletiva do Lixo.

Para o titular da Secon, Rosivaldo Batista, "a reforma do Complexo do Jurunas tem uma importância significativa para a economia local. Por isso, investir no aprimoramento profissional desses trabalhadores também contribui para o fortalecimento e sucesso do pequeno negócio", destacou o Secretário.

Enquanto aguardam a obra finalizar, os feirantes trabalham em barracas provisórias.


*Com informações de Roberta Corrêa, da Secon.

Tags

secon seurb

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder