Coronavírus no Pará

Hospital Regional de Altamira registra mais altas de pacientes de Covid-19

Com salvas de palmas e muita emoção, quatro pacientes receberam alta nesta quinta-feira

A manhã desta quinta-feira, 18/6, foi de muita emoção e sentimento de gratidão para usuários e colaboradores do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), gerenciado pela Pró-Saúde em Altamira, sudoeste do Pará. Isso porque a unidade registrou mais quatro altas de pacientes com diagnóstico confirmado para Covid-19.

A partir de agora, eles continuarão o tratamento cumprindo o isolamento domiciliar e sendo monitorados diariamente.

O momento, de muita alegria e gratidão, movimentou o corredor principal do hospital, que logo se encheu de balões e muita festa para a despedida dos pacientes, que voltaram para as suas casas recuperados.

Agradecimentos

Internado no HRPT há 29 dias, o autônomo Marcelo dos Santos (38), foi recebido com festa na saída. Com faixas, cartazes e balões, os familiares realizaram uma roda de oração em frente ao hospital para agradecer a recuperação de Marcelo e exaltar o trabalho dos colaboradores que atuam na linha de frente contra o coronavírus.

Emocionada, a irmã de Marcelo, Katiana dos Santos, se ajoelhou em frente à saída e agradeceu toda a equipe multidisciplinar do HRPT. “Obrigada a cada um de vocês, que não mediram esforços para ajudar o meu irmão. Vocês são anjos, obrigada pelo carinho e por não desistirem dele”, celebrou Katiana.

Frideberto Schuroff foi outro paciente que recebeu alta médica nesta manhã, e comemorou com a família a volta para casa. “Agradeço primeiramente a Deus, minha família e todos daqui, sem exceção nenhuma. Se todas as unidades do país fossem iguais essa aqui, a saúde não teria problema de jeito nenhum. Aqui os profissionais são humanos”, disse emocionado.

O dia também foi especial para a Seu Armando Ribeiro, de 78 anos, e Dona Lucinea da Silva, de 76 anos, que deixaram a unidade recuperados após 7 e 12 dias de internação, respectivamente.

Armando Ribeiro de Oliveira - 78 anos

Para a enfermeira Serlia Batista, que atua na linha de frente contra a Covid-19 no HRPT, ver os pacientes recebendo alta proporciona uma sensação de missão cumprida.

“Para nós, é muito gratificante poder participar do tratamento e da recuperação de cada usuário. É lindo ver o sorriso de alegria e vitória! Não há sentimentos que descreva tamanha alegria de poder levá-los até a porta e entregá-los aos familiares”, comemorou a profissional.

As altas dos pacientes do HRPT acontecem um dia após a Pró-Saúde alcançar a marca de mil pacientes recuperados da Covid-19 no Brasil. Até o momento, o Regional de Altamira soma 87 altas.

Tags

Altamira Coronavírus HRTP Saúde

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder