DESCARTE DE LIXO

Sesan incentiva ações ambientais e intensifica fiscalização no Curió-Utinga

Na manhã desta segunda-feira, 6, uma ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) na rua do Utinga, bairro Curió-Utinga, teve o intuito de despertar a atenção dos moradores para o problema do descarte irregular. A ação foi realizada na calçada ao lado do órgão municipal.

Ezilda Baena, 56, moradora há 30 anos do bairro, esteve hoje, juntamente com equipe da Secretaria, realizando o plantio de mudas da espécie “fita verde”, em vasos feitos a partir de pneus coletados em borracharias, os quais foram pintados pelas equipes da Sesan. “Temos que cuidar de nosso espaço, senão teremos o acúmulo de lixo e entulho aqui na esquina e na calçada aqui em frente de casa. Se cada um fizer a sua parte como o poder público, poderíamos evitar problemas como sujeira, presença de urubus e ratos, e evitar doenças”, relata Ezilda, que se comprometeu em regar as mudas diariamente.

O trabalho de fiscalização para evitar o acúmulo de resíduos e lixo é intenso, e junto disso a Sesan mantém o trabalho de educação ambiental nas comunidades. Desde o início do ano, a Secretaria de Saneamento já apreendeu cerca de 150 “carroças” que transportam entulhos e lixo doméstico descartados em vários pontos críticos da capital. Para se ter uma noção da produção do Departamento de Resíduos Sólidos (DRES) da Sesan, são coletados diariamente 600 toneladas de entulho e 1,2 tonelada de lixo domiciliar das ruas de Belém.

Equilíbrio - De acordo com o órgão municipal, já são cerca de 400 os pontos críticos de acúmulo irregular de lixo e entulho na cidade. Para Claudio Mercês, titular da pasta, “o equilíbrio de ações de educativas e de fiscalização é fundamental preservar a cidade limpa, ao mesmo com a aplicação das regras legais àqueles que insistem em descartar resíduos de forma irregular”.

Serviço - A equipe do DRES/Sesan realiza a coleta domiciliar na rua do Utinga e em passagens como Elvira e Matilde às segundas, quartas e sextas-feiras. Na semana passada, integrantes da Coordenação de Fiscalização e Postura estiveram no Curió-Utinga e flagraram “carrinheiros” lançando entulho em via pública, o que ocasionou na apreensão do meio de transporte feito em madeira e autuação do proprietário do veículo. "O ideal é não apreender nenhum carro desses, mas para isso ele, o 'carrinheiro', não deveria estar fazendo o descarte na rua. Na operação da semana passada, observamos que há a migração do descarte quando intensificamos o trabalho de fiscalização", disse José Argentino, coordenador de Fiscalização e Postura da Sesan.

Orientação e Covid-19 – A equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Saneamento realizou, semana anterior, um levantamento de informações e dados nas ruas e passagens do Curió-Utinga e na avenida Doutor Freitas, em trecho localizado às proximidades do elevado e da sede da Sesan, para embasar as medidas futuras. Além disso, os técnicos orientaram quanto à forma de descarte do lixo domiciliar, informaram quanto aos dias de coleta e trabalharam em ações de sensibilização dos moradores para o problema do descarte irregular e também para o armazenamento de máscaras e luvas utilizadas durante o período de pandemia da Covid-19.

“Nossas equipes vão a campo para constatar a realidade dos pontos de descarte e tentar se certificar do cenário da área, pois temos um ponto crítico de descarte embaixo do elevado. Trabalhamos ainda a informação educativa junto aos moradores, relativa ao armazenamento correto do lixo e a programação do recolhimento de possíveis entulhos”, explicou Priscila Ferreira, coordenadora de Educação Ambiental da Sesan.

A Secretaria oferece o serviço 156 como canal de comunicação para denúncias de falhas no serviço de coleta domiciliar e descarte irregular de lixo e outros resíduos. O recolhimento de entulhos também pode ser solicitado pelo serviço telefônico. 

Tags

sesan

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder