Oportunidade

Parque de Ciência e Tecnologia Guamá abre chamada para empreendimentos 

Podem participar pessoas físicas, com projetos de startup ou pessoas jurídicas com empreendimentos já consolidados

A Fundação Guamá, organização gestora do Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, abriu uma nova chamada para a seleção de empreendimentos e startups interessados em se associar ao parque tecnológico. Esta forma de vinculação permite que empresas ou startups que não estejam fisicamente instalados no PCT Guamá tenham vantagens no acesso aos serviços estratégicos e laboratoriais oferecidos pela instituição.

Podem participar da chamada tanto pessoas físicas, com projetos de startups, quanto pessoas jurídicas com empreendimentos já consolidados. A associação permite benefícios como direito a endereço fiscal; acesso gratuito a mais de 70 mentorias em diferentes áreas de negócios.

Na lista de benefícios às empresas e startups que se associarem ao PCT Guamá constam ainda descontos de até 20% em serviços laboratoriais; integração com o ecossistema de inovação do PCT Guamá, que reúne empresas residentes, startups, a Escola Dr. Celso Malcher, instituições financeiras e de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I); e vinculação ao primeiro PCT em operação na região Norte.

Diretor presidente da Fundação Guamá, Rodrigo Quites destaca outras vantagens. “A modalidade de associação, embora já existente no portfólio de opções do PCT Guamá, agora ganhou um forte interesse. Com a pandemia da Covid-19, muitas empresas de pequeno porte aderiram de forma definitiva à modalidade de Home office, necessitando acesso ocasional a uma infraestrutura de salas de reuniões e contato pessoal com clientes e fornecedores’’.

“A associação (ao PCT Guamá) permite que o empreendedor tenha acesso a muitos dos serviços da nossa comunidade de inovação como, por exemplo, os eventos online que direcionamos para atender demandas dos empresários. Além disso, temos a situação de empresas que têm sede fora do PCT Guamá e que, por estarem associadas ao Parque, conseguem acesso prioritário aos serviços oferecidos pelos nossos laboratórios”, observou o diretor presidente do PCT.

Os interessados em se associar devem preencher um formulário de cadastro, disponível na área de downloads do site do PCT Guamá (http://pctguama.org.br), e realizar o envio da documentação à Fundação Guamá. A partir do recebimento dos documentos, a área técnica do parque tecnológico realizará um processo de seleção simplificado.

A taxa anual de associação varia de acordo com o porte do empreendimento. Startups investem R$ 645,04; micro empresas, R$ 1.290,07; pequenas empresas, R$ 1.678,34; empresas de médio porte, R$ 2.711,64; e de grande porte, R$. 4.521,47. O contrato é válido por dois anos, com a possibilidade de renovação.

Mais sobre o PCT Guamá

Resultante da parceria entre as Universidades Federal do Pará (UFPA) e Federal Rural da Amazônia (UFRA) e o Governo do Pará, o PCT Guamá foi o primeiro e permanece como o único parque tecnológico a entrar em operação na Amazônia.

O principal objetivo do Parque é o estímulo à pesquisa aplicada, o empreendedorismo inovador, à prestação de serviços e à transferência de tecnologia para o desenvolvimento de produtos e serviços de maior valor agregado e fortemente competitivos no mercado.

Com uma área de 72 mil metros quadrados, o PCT reúne atualmente centros e laboratórios tecnológicos, empresas, startups, instituições de pesquisa e grupos residentes. Todos ligados às áreas estratégicas de atuação, que são Biotecnologia; Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC); Energia; Tecnologia Ambiental e Tecnologia Mineral.

Situado entre a UFPA e a UFRA, na avenida Perimetral, em Belém, o PCT apresenta espaços voltados à instalação de pequenos e médios empreendimentos de base tecnológica, laboratórios e centros de pesquisa e desenvolvimento, assim como de empreendimentos nascentes (startups) e temporários.

A Fundação de Ciência e Tecnologia Guamá, por sua vez, foi qualificada para realizar a gestão administrativa, financeira, física e ambiental do PCT Guamá. Desde 2009 a Fundação é mantida pelo Governo do Estado, por meio de contrato com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Técnica e Tecnológica (Sectet). 
 

Tags

Belém Ciência e Tecnologia oportunidade UFPA UFRA

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder