Saúde

Idosos devem redobrar os cuidados com a saúde durante o verão

Para garantir uma saúde de ferro e aproveitar o verão sem risco é possível adotar medidas que ajudam a reforçar a energia através de uma alimentação saudável.

Em época de pandemia, os cuidados com a saúde devem ser redobrados, principalmente com a chegada do verão. Com o aumento da temperatura e o ambiente seco é preciso redobrar o cuidado na hidratação dos idosos. O grupo da terceira idade é mais vulnerável e se desidrata com maior facilidade afirma a Nutricionista Wisliene Pinheiro.

“A desidratação nas pessoas com mais de 60 anos pode gerar sérios problemas como, risco de quedas, perda da função cognitiva, infecções de urina, taquicardia, tontura, entre outros. O primeiro passo é adotar medidas de nutrição para prevenir a desidratação nos idosos e ficar atento aos primeiros sinais, antes dos sintomas mais severos.” Afirma a especialista.

É preciso ficar atento alguns detalhes do corpo que podem apontar que há algo de errado com a saúde como, por exemplo:Notar se a pele está muito seca, descamando e quebradiça, podendo até a apresentar feridas, neste caso a busca por um profissional de saúde é fundamental. Para garantir uma saúde de ferro e aproveitar o verão sem risco é possível adotar medidas que ajudam a reforçar a energia através de uma alimentação saudável.

Nesta época alguns alimentos devem ser riscados do cardápio dos idosos como os embutidos que apresentam alta concentração de sódio, tais como salame, presunto, salsicha, linguiça e frios de uma maneira geral afirma Wisliene.

“Esses produtos expulsam a água do organismo. Outro ponto que merece destaque são os temperos prontos muito utilizados hoje em dia. Essa substituição da cebola e do alho no dia a dia é um erro, pois, são alimentos antifúngicos e antibactericidas, que protegem o pulmão e o aparelho circulatório, e o sistema imunológico do idoso sente a alteração.” Frisou.

De acordo com a Nutricionista nesse verão a recomendação certa é incluir frutas que contém bastante água, sendo uma das melhores opções para hidratação, além de garantir o corpo nutrido, o consumo de água também é bastante importante para se manter hidratado, apesar dos idosos não sentirem vontade de beber água.

“Devemos sempre lembrar eles a importância do consumo diário da ingestão hídrica. Vale lembrar que o consumo correto de água ajuda também a afastar problemas de constipação (intestino preso), uma das síndromes que mais atrapalham a saúde da terceira idade. O Ministério da Saúde sempre recomendou aos idosos a presença de alimentos com fibras nas refeições para que eles não sofram com a prisão de ventre. No entanto, é necessário ingerir fibras e água também.” Destacou.

Ainda segundo Wisliene Pinheiro, o consumo de água deve ser ocorrer ao longo de todo o dia para que o organismo funcione corretamente. Outro aspecto de acordo com a Nutricionista que também deve ser considerado é que as pessoas da terceira idade, geralmente, apresentam incontinência urinária e tomam remédios diuréticos, o que facilita a perda da água. Ela ainda destaca que dar para da, um gostinho a mais a nossa água.


Anota aí
“Você pode pegar uma jarra com água, cortar rodelas de laranjas, folhas de hortelã e misturar tudo e consumir gelada ao longo do dia, fica uma delícia e o cheirinho muito agradável. Então nesse verão não faltarão dicas de como manter a hidratação em dias, vale ressaltar que é importante o uso de protetor solar, óculos solar e bonés para a proteção contra os raios.” Reforçou a profissional. 
 

Tags

idosos Nutrição Saúde Verão Amazônico

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder