CALENDÁRIO DE EVENTOS

Igreja anuncia formato do Círio 2020 no dia 6 de agosto

O evento representava um reforço de R$ 1 bilhão na economia do Pará e simboliza a tradição de 228 anos de devoção à Nossa Senhora de Nazaré
O maior evento turístico religioso cristão do mundo, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, reúne em Belém, no segundo domingo do mês de outubro, mais de dois milhões de romeiros. Mais de 80 mil participantes do evento são turistas, alguns oriundos de outros estados e, boa parte, de outros países. 

No entanto, a pandemia do novo coronavírus, que desde  meados de fevereiro começou a afetar a rotina do Brasil, impactou o calendário de eventos mundo à fora e alterou a tradição também do Círio, que teria sua 228ª edição no próximo mês de outubro. Em Portugal, por exemplo, foi cancelada a FIT – Feira Internacional de Turismo, que engloba, entre outras, a BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, que seria em março. Na Alemanha os organizadores adiaram o GTM (Germany Travel Market), encontro alemão que só retorna ao calendário mundial de eventos em 2021. Os alemães também abriram mão do Imex Frankfurt, que ocorreria em maio, da ITB Berlim, que só retorna em 2021 e de sua versão no oriente, a ITB Índia, agora prevista para abril de 2021 no Bombay Exhibition Center, em Mumbai.

É nesse cenário de precauções, para prevenir a proliferação do novo coronavíruos e evitar o avanço da covid-19, que o Círio de Nazaré também deve ser adiado na forma presencial, e ganhar um novo formato, como já foi decidido no Brasil sobre outros eventos.

CÍRIO 2020 - Em nota enviada à imprensa na última  sexta-feira (24), a Diretoria do Círio de Nazaré informou que o anúncio sobre a realização, ou não, do Círio 2020 será feito pelo Arcebispo de Belém,  Dom Alberto Taveira, no próximo dia 8 de agosto, após parecer técnico-científico da Comissão Especial de Análise da Pandemia da Covid-19, instituída para orientar a decisão sobre o Círio 2020. Só então, a Diretoria decidirá, em definitivo, se haverá ou não o evento.

Segundo a Diretoria do Círio, a Comissão Especial de Análise da Pandemia da Covid-19 foi instituída com a atribuição de avaliar a evolução da pandemia em Belém e Região Metropolitana, através da coleta de dados, exame de estudos e artigos técnicos e interpretação de projeções estatísticas, com o objetivo de formular um parecer técnico sobre a realização do Círio de Nazaré 2020, levando em consideração a ótica médica, a conveniência científica e os possíveis riscos à saúde pública. O parecer irá orientar a decisão final da Arquidiocese de Belém, da Paróquia de Nazaré e da Diretoria da Festa de Nazaré (DFN). 

A comissão especial é formada pelo casal de médicos membros da DFN, Cássio e Milena Caldato, e tem como convidados o biólogo Regis Andriolo e os médicos Haroldo José de Matos, Pedro Vasconcelos, Salomão Kahwage Neto e Vânia Brilhante. O prazo previsto para o trabalho da Comissão era de 60 dias, podendo ser prorrogado, se necessário.  Já o parecer técnico será entregue ao Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira Corrêa, à Paróquia de Nazaré e ao coordenador da DFN, Albano Martins.

“Com o parecer desta comissão teremos o embasamento técnico e científico necessário à prolação de uma decisão segura e responsável sobre o Círio de Nazaré”, avalia Albano Martins.

CÍRIO, TURISMO E ECONOMIA – De acordo com Roberto Sena, supervisor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o Círio é, sem dúvida, o maior evento turístico localizado do mundo, ou seja, que envolve o maior número de pessoas no mesmo dia e local. 

“Em 2019 o Pará recebeu 83 mil turistas durante o Círio, que deixaram aqui algo em torno de R$ 10 milhões. Além disso, Círio de Nazaré injetou na economia do Pará cerca de R$ 1 bilhão”. Garante Roberto Sena, ao avaliar o Círio enquanto evento que impacta diferentes setores da economia.
Ao informar que o Dieese só vai se pronunciar sobre esse tema após o posicionamento da  Diretoria do Círio sobre a realização do evento, Roberto Sena adianta que o turismo paraense foi impactado como nunca na história por conta da pandemia e só o setor de serviços perdeu aproximadamente 5.300 postos de trabalho.

Apoiadores do Círio -  O Círio de Nazaré é uma realização da Arquidiocese de Belém, Basílica Santuário de Nazaré, Diretoria da Festa de Nazaré, Governo do Estado do Pará e Prefeitura de Belém.  Em 2020, a Festa de Nazaré tem patrocínio de Belágua (Grupo Simões), Centrão Telecom, Dufry do Brasil, Hospital Porto Dias, Refrigerantes Cerpa, Jeffersom, Reinafarma, Esamaz, Alubar, Grand Mercure, Sicoob, Tramontina, Hydro, Gráfica Miriti, Unimed Belém e Magazine Luiza. 

Como apoiador master Imerys Rio Capim. E mais os apoiadores Albano Martins Advogados, Escritório Antônio Pereira, Alucar, Quadra Engenharia, Transcidade (Cidade Limpa), Máxima Segurança, Doceria Amorosa, Fecomércio, Uniodonto, LOC Engenharia, Engeterra, Citropar, Faepa, Mape Engenharia, Fonseca Brasil Advogados, Massoud, Bembom & Reis Advocacia, Água Vida, Prime Residencial, Nossa Água, Lotus, Hospital Guadalupe, Bonna Viagens e Turismo, CLP Locações e Eventos, Midas Macedo, Norte Marine, CN Produções, AFFA Engenharia, Lojas Marilar Ltda., Preserve Sol. de Resíduos, Stada Hotéis, Agência Eko, Baglioli Advogados, Aqualand Park, JCR Construtora, Grupo MS, Dismelo e Clínica Guamá Saúde.

Com informações de Ana Laura Carvalho – Agência Eko/Diretoria do Círio

Tags

Círio 2020 Coronavírus Eventos Igreja Católica

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder