PESQUISA

Sesma inicia nesta segunda, 10, pré-cadastro para testagem da COVID-19 em jovens e crianças

A partir de segunda-feira,10, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), inicia uma pesquisa sobre o índice de casos da COVID-19 entre crianças e adolescentes, na faixa etária de seis a 14 anos, residentes em Belém. O estudo será em parceria com o Centro Universitário do Pará (Cesupa).

Os responsáveis legais por estes voluntários devem acessar o link http://testecovid19.belem.pa.gov.br/#/home na web, concluir a etapa de agendamento selecionando o local, o dia e o turno disponíveis. Não há limite para inscrições de voluntários da mesma família.

Serão disponibilizados três mil testes rápidos na capital, durante dez dias, em cinco pontos da cidade: no prédio sede da Sesma, localizado na avenida Governador José Malcher, 2821, em São Brás; nos três campi do Cesupa, localizados na avenida Almirante Barroso, José Malcher e na avenida Nazaré; além do Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas (CEMO), situado na travessa Barão do Triunfo, 3380, no bairro do Marco.

“O estudo baseia-se na necessidade de se ter um parâmetro da circulação do vírus nestas idades, bem como, para se estabelecer normas de segurança adequadas para um possível retorno às atividades presenciais nas escolas do município de Belém. Vamos averiguar como o vírus está circulando na capital entre crianças e jovens”, destacou o assessor técnico da Sesma, David Rosário.

Caso o voluntário apresente resultado positivo para IgM e estiver em período sintomático, o profissional de saúde orienta o isolamento social com base na data do início dos sintomas, que é de 14 dias e, dependendo da gravidade, é orientado a procurar o atendimento médico nas unidades de urgência e emergência do município, ou da rede privada, caso possua convênio. Caso o resultado seja IgM/IgG, representa imunidade há, pelo menos sete dias; se o diagnóstico for IgG, condiz que o mesmo já apresenta anticorpos e não está mais contaminado ou transmitindo a doença; e se o resultado for Negativo, indica que não está infectado ou não desenvolveu os anticorpos.

Em média, 90 testes PCR são realizados pela Prefeitura de Belém nos munícipes, diariamente, nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), nos Prontos-Socorros e, em domicílio, através do Departamento de Vigilância em Saúde (DEVS/Sesma). Somente no mês de julho foram coletadas 2.841 amostras, sendo 512 positivas. Destas, 39 casos são na faixa etária da pesquisa (seis a 14 anos).

Os dados do dia 07, da COVID-19 na capital, são de 27.547 confirmados, 23.269 pessoas recuperadas, e com a taxa de leitos de UTI de 28,5% e de leitos clínicos de 40%. A Sesma reforça que as medidas de prevenção de higiene devem ser mantidas, embora haja uma redução em relação ao pico. “Todos os cuidados devem ser mantidos, como o uso da máscara, álcool em gel e distanciamento social”, ressaltou Rosário.

Tags

sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder