Política

Mário Couto é oficializado como candidato a prefeito de Belém pelo PRTB

Recebendo apoio do governo federal, o ex-senador luta contra a corrupção e em prol da família.

O lançamento da candidatura de Mário Couto à Prefeitura de Belém, pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), foi realizado de uma forma totalmente inovadora. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus e a impossibilidade de criar aglomerações com grandes públicos, candidatos e membros da coligação receberam o ex-senador sob muita euforia na convenção realizada nesta sexta-feira (4). O evento iniciou por volta das 18h, na Computer Hall, em Belém, e contou com a participação de diversos candidatos a vereadores, além de convidados. Todos os protocolos de segurança para evitar a propagação da covid-19 foram seguidos, como uso de máscaras, medição de temperatura e a limitação do público até 150 pessoas.

‘Sem papas na língua’

Defensor da família e do cristianismo, Mário Couto iniciou sua fala levantando bandeiras e fazendo uma homenagem a todas as vidas perdidas durante a pandemia, com um minuto de silêncio. Também falou sobre sua luta contra a corrupção e em prol da mudança. “Não quero ser candidato de gente corrupta. Meu pai, minha família, nunca recebeu visita da Polícia Federal (PF). Também nunca quis ser candidato do ‘Zé Nada’, quero ser candidato do povo de Belém, que respeita e ama essa cidade. Vou lutar para fazer a capital melhorar, para nos orgulharmos dela, doa a quem doer. Não tenho papas na língua, se tiver que chamar de corrupto vou chamar, até porque tem pessoas bilionárias com nosso dinheiro, nossos impostos, e vamos bater essas pessoas nas urnas”, declarou o candidato que é tido como o oficial do governo federal em Belém.

O ex-senador e deputado estadual também criticou a situação de Belém no que tange à infraestrutura. Um de seus projetos, conforme anunciou durante a convenção partidária, é ajudar as comunidades mais afastadas, incluindo por meio do transporte público. A ideia é diminuir o valor da passagem e aumentar o conforto dentro dos ônibus. “Aqui um recado meu aos empresários de transporte: vamos acabar com o monopólio de ônibus nessa terra. Na minha Prefeitura teremos ônibus elétrico, com ar condicionado, passagem lá em baixo e frota da Prefeitura”, garantiu. 

Deputado federal do Rio de Janeiro, Otoni de Paula (PSC) cruzou o país para dar apoio ao candidato. O bolsonarista defende a candidatura, pela coragem, honra e pela luta travada contra a corrupção. Levantando críticas contra os ex-governantes de esquerda, Otoni comemorou o apoio do governo federal à campanha de Mário Couto, por meio do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, do mesmo partido. “No embate, eles não conseguiriam vencer Mário Couto, que lutou tanto enquanto senador, porque ele debate olhando nos olhos e de cabeça erguida, e eles terão que baixar a cabeça enquanto Mário Couto estiver falando. Saudações do presidente Bolsonaro e de todos nós bolsonaristas. Estou certo e convicto de que a mesma onda que varreu esse Brasil e levou Bolsonaro à Presidência quando ninguém acreditava vai levar Mário Couto também. Se prepare, Belém, pois uma segunda onda está vindo aí”, finalizou o deputado federal do Rio de Janeiro.

Candidatos querem melhorias em Belém

No total, a chapa tem 28 candidatos à Câmara Municipal de Belém (CMB), sendo 8 mulheres. Entre os que estavam presentes na convenção partidária, José Luiz Cardoso busca mudanças. Policial inativo, com experiência em segurança pública, ele decidiu seguir a carreira política e está se candidatando pela primeira vez para trabalhar pelo povo belenense. “O que eu espero com o PRTB é mudança. Vemos todos os dias como está a situação de Belém, não podemos deixar isso permanecer. Acredito que o Mário Couto é esse caminho, por toda a sua trajetória política e tudo que fez enquanto era senador. Com ele na Prefeitura e eu na Câmara, nada vai nos impedir”, declarou José.

Já o candidato Claudionor Dias, que também concorre em Belém nas eleições deste ano, tem uma pauta mais voltada para as comunidades. Com experiência na liderança de associações, se for eleito como vereador, pretende ajudar os bairros mais afastados da capital, que, segundo ele, são os mais esquecidos pelos políticos. “Acredito que os vereadores em Belem não fazem seu trabalho, e quero mudar isso, lutar pelas pessoas mais pobres e de bairros mais afastados. E tenho certeza de que o Mário Couto será o prefeito que possibilitará o cumprimento dessas propostas”, pontuou.

A luta por uma infraestrutura melhor na cidade das mangueiras está entre os projetos da pré-candidata Missionária Gisele Dourado, também concorrendo em Belém. “Muita coisa boa vem por aí. Além do turismo, da economia e da infraestrutura da cidade, com tantas calçadas e ruas emburacadas, acredito que o Mário Couto como prefeito vai fazer muito mais. Vai ser o prefeito que vai transformar essa cidade e eu quero estar ao seu lado nessa caminhada. Minhas expectativas são as melhores possíveis”. 

Coligações ainda serão formadas

Embora a candidatura de Mário Couto à Prefeitura de Belém esteja confirmada pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), a assessoria jurídica informou que a definição do candidato a vice-prefeito ainda não será divulgada. Portanto, a chapa do ex-senador será fechada sem definição. Segundo o advogado do PRTB, Walder Florenzano, juridicamente isso é possível. O que acontece, segundo ele, é que o partido foi o primeiro a realizar a convenção para as eleições deste ano. “O que está certo, por enquanto, é a candidatura do Mário Couto, porque podemos lançar um vice-prefeito hoje e depois esse nome poderia mudar, após as convenções que ainda serão realizadas”, explicou. 

Além do vice-presidente da República, Couto recebe o apoio de Levy Fidelix, lançado pelo mesmo partido como candidato a prefeito de São Paulo.

Tags

Bastidores Políticos

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder