ECONOMIA

Pandemia exige preparação adequada para atendimento ao consumidor

Importante para a economia, o comércio varejista é responsável pela injeção econômica e geração de empregos

O comércio varejista é vital para o bom desenvolvimento de qualquer país, pois é responsável pela injeção de recursos na economia local e estadual, por exemplo, além de gerar uma grande quantidade de empregos. O consumidor é um importante personagem para a manutenção desse sistema, por isso, frente ao atual cenário, montar estratégias que garantem a segurança, tem se tornado a principal prioridade. 

O novo formato de atendimento exige mais empatia, preparação e atenção aos cuidados já reforçados como essenciais neste momento atípico que atinge o mundo inteiro. O objetivo é garantir praticidade e conveniência aos consumidores que necessitam sair de casa durante esse período de isolamento social.

Frente à nova realidade imposta, medidas eficazes somam-se à segurança, como adaptação de todo o setor e a preparação dos funcionários para atender aos clientes. O atual cenário é reflexo das mudanças provocadas pelo novo coronavírus. Entre as modificações, o consumidor mudou seu comportamento: visa a praticidade para evitar estar mais tempo fora de casa, em exposição.

A diretora comercial, Dra. Gisélia Claudino, destaca que "o comércio varejista, a nível nacional, necessitou se preparar para a nova realidade que foi imposta (e que ainda está presente) pela Covid-19. O varejo é uma parte importante da nossa economia e pensar em formatos seguros de atender a sociedade se tornou uma responsabilidade ainda mais urgente e necessária. Seguindo todos os protocolos de higiene, as lojas do Armazém Paraíba têm atuado em prol da segurança e excelente atendimento neste período, com orientações e limpezas dos ambientes", pontua.

A Dra. Gisélia ainda complementa, salientando que o setor se preparou para um ano produtivo e a pandemia modificou o planejamento. "Mas, como somos naturalmente adaptáveis e precisamos lidar com os novos cenários, às vezes extremamente atípicos, foi o momento de montar toda uma estrutura de retorno e atuação segura, compreendendo a importância de todos os formatos de atendimento e sempre pensando no bem-estar do cliente", declara.

Além das medidas de segurança essenciais, como obrigatoriedade do uso de máscaras, aferição da temperatura nas entradas das lojas, também tem sido reforçada a orientação dos colaboradores para melhor lidar com o público nesse momento, com consciência, calma e adaptabilidade para a manutenção do sistema econômico e bem-estar coletivo.

Tags

Economia Varejo

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder