UFPA

Universitários paraenses ficam entre os melhores do mundo em competição global de empreendedorismo

A competição elege as melhores iniciativas de impacto socioambiental do mundo. Essa foi a primeira vez na história que o Brasil chegou na rodada final

O ano de 2020 representa superação para os integrantes do Time Enactus da Universidade Federal do Pará (UFPA). Os estudantes, que desenvolvem projetos de impacto socioambiental em Belém, alcançaram o top 4 da Campeonato Mundial de empreendedorismo da Enactus e tornaram-se o primeiro time brasileiro a chegar na rodada final. Na competição online entre 37 países, os alunos apresentaram o impacto das ações realizadas para minimizar os efeitos da Covid-19 na Amazônia.

A organização global da qual faz parte o Time Enactus UFPA movimenta universitários para criar projetos de empreendedorismo em prol de um mundo mais justo e sustentável. No último ano, os estudantes paraenses alcançaram mais de 200 mil pessoas em Belém com os projetos Anamã e Costuraê, soluções adaptadas para atender comunidades vulneráveis durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Iniciativas

O Costuraê promove a independência econômica de mulheres das periferias de Belém por meio da sua inserção no mercado da moda sustentável, a partir da produção de ecobags e de outros produtos. Desde o início da pandemia, as costureiras têm produzido máscaras de proteção — tradicionais e adaptadas à pessoas surdas, totalizando mais de 7 mil entre vendidas e doadas para comunidade vulneráveis.

Outra iniciativa é o Anamã, que visa combater a poluição dos oceanos. Para isso, o projeto desenvolveu uma ecobarreira que reutiliza garrafas PET para conter o escoamento de lixo nos canais de Belém. Nos últimos meses o Anamã também tem trabalhado na produção de face shields, equipamento fundamental para a proteção contra a Covid-19.

Durante a pandemia, o Time também desenvolveu campanhas para atender os mais afetados: comunidades ribeirinhas e das periferias da Região Metropolitana de Belém. “O momento nos permitiu provarmos que somos uma organização resiliente. Que se reinventa para seguir impactando positivamente as pessoas com que atua. Portanto, o sentimento foi exatamente esse: o de obrigação, já que não paralisamos por completo as atividades dos nossos projetos, e de gratidão, por ver que, durante o período mais duro da pandemia, estivemos lado a lado com as nossas comunidades”, pontua Orlando Haber, estudante de Jornalismo e presidente do Time.

Essas iniciativas foram apresentadas em julho, no campeonato nacional da Enactus, momento em que a equipe da UFPA foi coroada bicampeã entre 40 times brasileiros. A etapa seguinte foi representar o país na competição global, a Enactus World Cup. "Já era incrível ser, por dois anos consecutivos, o melhor Time de empreendedorismo social do Brasil. Agora, estamos entre os quatro melhores do mundo. Quatro entre 1.730 Times de 37 países”, ressalta Orlando.  

Foi a primeira vez da Enactus Brasil entre os finalistas globais desde sua fundação, em 1998. Além disso, esta edição da World Cup tem um significado ainda mais especial, pois representa, sobretudo, a possibilidade de mostrar ao mundo um novo olhar sobre a Amazônia. Cenário esse, que também levou o Anamã à final da 1 Race 4 Oceans, uma premiação que acontece paralelamente ao evento e que determina qual iniciativa Enactus tem maior impacto positivo e sustenta´vel na proteção da vida nas a´guas.

Para o professor José Augusto Lacerda, coordenador de Empreendedorismo da Agência de Inovação Tecnológica da UFPA e conselheiro da Enactus UFPA desde 2016, o bicampeonato reflete e reconhece o dinamismo de um trabalho feito a muitas mãos. “É sempre uma honra ver nosso brasão no lugar mais alto e a universidade pública demarcando seu protagonismo no campo do empreendedorismo e da inovação social”, comemora.


Saiba mais sobre a Time Enactus UFPA

Tags

Belém Enactus UFPA

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder

      15 Minutes Ago

      Guti De La Pena

      Obter a cura para o HIV é um conceito poderoso, muitas vezes referido como o Santo Graal da pesquisa do HIV. Embora medicamentos anti-HIV eficazes tenham transformado o HIV em uma condição crônica controlável, uma condição com a qual você vive, em vez de morrer, fazer terapia para toda a vida é uma proposição muito diferente de estar definitivamente curado. Eu disse a toda a raça humana que existe uma cura para o HIV acessível e vendável que funcionou tão bem quanto colocaria a erradicação global de novas infecções por HIV ao alcance, ao mesmo tempo que transformava as vidas daqueles que agora vivem com o vírus, dada a eficácia dessa droga no tratamento e prevenção da infecção pelo HIV, direi a todos que estão lendo isso, que sou uma testemunha viva disso. Ao contrário de fraudadores e golpistas online que vão jogar com você e deixá-lo frustrado com a perda de dinheiro e esperança, esta droga custa menos e vale a pena tentar. Se você tem interesse em se curar da própria doença, segue abaixo o link de comunicação do médico que está com o novo remédio que tomei e que me curou. DR.WATER .. você pode enviar um e-mail para ele em (DRWATERHIVCURECENTRE@GMAIL.COM) ou Whatsapp para ele em +2349050205019. Essas são algumas das doenças que ele também pode curar perfeitamente. Herpes genital e oral, Verrugas genitais HPV, Hepatite A, B, C, D e E Candida, Doença de Alzheimer Câncer, Diabetes, fibromialgia e muito mais


      • in this conversation
          Media preview placeholder