PRODUÇÃO AGRÍCOLA PARAENSE

O ano de 2019 ultrapassou a marca de 10 milhões, superando em 800 mil reais o ano anterior

Estado é líder na produção de mandioca, dendê, açaí, abacaxi e cacau

O valor da produção agrícola no Pará atingiu 10,8 milhões em 2019, superando o ano anterior em 800 mil reais. O estado foi o maior produtor nacional de Mandioca (3,7 milhões de toneladas), Dendê (2,5 milhões de toneladas), Açaí (1,3 milhão de toneladas), Abacaxi (321 mil toneladas) e Cacau (129 mil toneladas), que juntos são responsáveis por 6,3 milhões do valor total de produção. Os dados são da Pesquisa Agrícola Municipal (PAM) divulgada hoje (1) pelo IBGE.

Para além de se destacar na produção de todos os produtos citados, o estado do Pará é líder absoluto na produção de dendê, cuja produção nacional é de aproximadamente 2,6 milhões de toneladas, e 2,5 milhões saem do Pará; e de açaí, em que o Pará é responsável pela produção de 2,8 milhões dos 3 milhões produzidos em todo o Brasil. O valor da produção do açaí atinge 3,2 milhões em todo o país, estando 2,8 milhões apenas no Pará.

Já o dendê tem valor de produção no Brasil de 642 mil reais, em que 636 mil estão no Pará. Ou seja, o estado responde sozinho por mais de 90% do valor total nacional de ambos os produtos. Os municípios que mais produzem dendê são Tomé-Açu (2,1 milhões de toneladas) e Tailândia (942 mil toneladas), e os que mais produzem açaí são Cametá (746 mil toneladas) e Igarapé-Miri (400 toneladas).

Já o valor da produção da mandioca atingiu1,5 milhão no estado, enquanto o do abacaxi atingiu 271 mil e o do cacau 1,1 milhão. A mandioca, o abacaxi e o cacau foram produzidos em maiores quantidades nos municípios de Cametá (545 toneladas), Conceição do Araguaia (256 mil toneladas), e Altamira (991 toneladas), respectivamente.

Além disso, o limão e a pimenta do reino também são produzidos massivamente na região, que alcança o posto de segunda maior produtora nacional dos produtos, correspondendo a 105 mil e 35 mil toneladas produzidas, respectivamente. O valor de produção do limão é de 106 mil reais, enquanto o da pimenta do reino é de 223 mil reais. 

Em seguida destaca-se o coco, cujo valor de produção no estado foi de 93 mil reais, com 175 mil toneladas produzidas, o que levou o estado ao terceiro lugar entre os maiores produtores nacionais do alimento. A banana, também produzida em larga escala no Pará, gerou 381 mil toneladas no ano de referência.

*Com informações do IBGE

Tags

Agricultura IBGE Pará Produção Agrícola

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder