PREMIAÇÃO

Documentário patrocinado pela Alcoa recebe prêmio internacional em Festival de Cinema

“Como ela Faz?” aborda questões sobre diversidade de gênero e revela a trajetória de diferentes mulheres no mercado de trabalho

O documentário “Como ela Faz?”, produzido pela Tocha Filmes, com apoio da ONU Mulheres, Movimento Mulher 360, Instituto Ethos e Rede Mulher Empreendedora, e patrocinado pela Alcoa, por meio da Lei do Audiovisual, recebeu o prêmio de Melhor Curta Metragem Estrangeiro no Hollywood International Women’s Film Festival 2020. Este é o 2º ano do Festival, idealizado pelo Hollywood Women’s Film Institute, criado justamente para dar visibilidade à produção de filmes que abordem conteúdo de equidade de gênero e diversidade.  A obra traz o debate sobre equidade de gênero, com um olhar abrangente sobre a inserção e oportunidades conferidas às mulheres no mercado de trabalho e seus múltiplos desdobramentos.

“Como ela faz?” conta a história de 12 mulheres brasileiras - Cida, Adriana, Cris, Maitê, Kamila, Djamila, Duília, Gabriela, Carla, Jéssica, Gina e Nina. Apesar de ocuparem diferentes profissões e funções na sociedade, elas lidam diariamente com a desigualdade de gênero e as oportunidades quando o assunto é mercado de trabalho.

A Alcoa, que patrocina esta iniciativa, valoriza a diversidade dentro da empresa por acreditar na competência de todas as pessoas e que um ambiente diverso, que reflita a sociedade, estimula o respeito mútuo, a criatividade e a cooperação. Essa visão garantiu à Companhia, em junho deste ano, o título de Melhor Empresa em Diversidade no setor de Siderurgia e Mineração na segunda edição do Guia Exame de Diversidade, elaborado pela Revista Exame, em parceria com o Instituto Ethos.

Esta foi a primeira vez que a Alcoa participou do Guia, obtendo excelentes resultados, com três dos quatro quesitos avaliados como “acima da média”: Gênero, LGBT+ e PCD (Pessoa com Deficiência). Entre as iniciativas de inclusão desenvolvidas pela Alcoa destacam-se a AWN (Alcoa Women’s Network – Rede de Mulheres da Alcoa), que objetiva a inclusão de mulheres, e a EAGLE, rede de apoio ao público LGBT+.

Atualmente 31% de mulheres estão em cargos de liderança e 17% ocupam cargos operacionais na Companhia. São resultados que mostram que a Alcoa tem investido na implantação de uma cultura inclusiva, ancorados em nosso valor Cuidar das Pessoas. “Trabalhamos para promover, cada vez mais, um ambiente acolhedor para todos, possibilitando que cada um possa se sentir confiante para explorar o máximo de seu potencial”, declara Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa no Brasil.

Tags

Alcoa Documentário Premiação

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder