JURUTI

Ações humanitárias potencializam as ações de combate a pandemia em Juruti

O projeto está chegado a lugares de difícil acesso, onde, em alguns casos, as pessoas não tinham qualquer apoio ou correta orientação sobre o Covid-19

Iniciou em setembro um grande projeto em Juruti beneficiando comunidades e parcela da população mais carente do município. O projeto “Juruti Contra Covid-19” é resultado de parceria entre o Instituto Juruti Sustentável (IJUS), a Plataforma de Parceria para a Amazônia (PPA), Agência de Desenvolvimento Internacional dos EUA (USAID), Alcoa Foundation e Cooperativa da Agricultura Familiar de Juruti (Cooafajur).

O projeto está chegado a lugares de difícil acesso, onde, em alguns casos, as pessoas não tinham qualquer apoio ou correta orientação sobre o Covid-19. Como exemplos as aldeias indígenas de Nossa Senhora de Aparecida e Ipiranga com 110 pessoas.

Nesta primeira fase do projeto todas as regiões onde há Unidade Básicas de Saúde e a Região do Mamurú Rio estão recebendo oficinas de capacitação sobre medidas preventivas tendo como público-alvo os agentes comunitários de saúde, lideranças comunitárias, lideranças religiosas e profissionais de saúde, além de Oficinas de limpeza e higienização de ambientes coletivos. Também está ocorrendo a distribuição de kits de prevenção, incluindo informativos, álcool em gel e máscaras para cada família das comunidades atendidas.

“Eu não fazia ideia do impacto do projeto na vida das pessoas, principalmente naquelas comunidades que são mais distantes e o serviço de saúde é precário ou simplesmente não existe. No final de cada oficina os agradecimentos são sempre acompanhados de relatos de como eles se sentem acolhidos com as informações repassadas”, afirmou Valdeiza da Silva Azevedo, Técnica em Enfermagem do projeto “Juruti Contra a Covid-19”, responsável pela realização das oficinas de Agentes Populares de Saúde.

 

Alguns números de ações implementadas até o momento:

  • 272 Agentes Populares de Saúde (APS) capacitados;
  • 40 pessoas capacidades na Limpeza e Desinfecção de Ambientes Coletivos
  • Mais de 3 mil Kits (informativo, álcool em gel e Máscaras) entregues;
  • Geração de Trabalho e renda na produção de mais de 17 mil Máscaras realizada por instituições e micro empreendedoras(es) de Juruti;
  • Todas as comunidades-polo de Juruti atingidas com Oficinas;
  • 2 episódios Rádio Novela veiculados;
  • 37 mil pessoas alcançadas com informativos sobre a covid19 através de carro, barco som, rádio e outros veículos de comunicação atendendo mais de 50 comunidades de Juruti e avançado para municípios entorno como Oriximiná, Terra Santa, Óbidos e Curuá.
  • 9 kits de carrinho profissional e materiais de limpeza entregue em Unidades Básicas de Saúde;

 

Dentre as ações do projeto, a comunicação preventiva, orientativa é parte estratégica. Foi produzida uma cartilha com informações aos Agentes Populares de Saúde, dando suporte às visitas familiares com informações atualizadas sobre a Covid19 em linguagem acessível à comunidade. As rádios novelas apresentam situações do cotidiano local, orientando a melhor forma de agir e prevenir a todos.

“Este projeto que o IJUS está realizando é de suma importância, não só nesta região que desempenho minhas atividades como enfermeira, mas para todo o município. As informações que foram repassadas trouxeram parceria para juntos nos apoiarmos para combater a pandemia. O projeto distribuiu aqui mais de 5400 máscaras, álcool em gel e informativos para cada família. Vivemos em um local onde as pessoas são carentes e ações como essa são fundamentais. Essa oficina contribuiu de uma forma super positiva para todos nós, de maneira clara, acessível, com exemplo muito próximo de nossa realidade”, relata Kelly Góes, enfermeira da unidade básica de saúde de Juruti Velho.

Cada unidade básica de saúde está recebendo Oficinas de Limpeza e Desinfecção, um kit de carrinho de limpeza profissional juntamente da oficina e uma quantidade de produtos de limpeza para durar alguns meses.

“É muito difícil ter acesso a informação de como combater a pandemia. A oficina foi excelente, orientando como se prevenir. Foi em um bom momento. A parte da limpeza, tanto pra mim quanto para o pessoal de serviços gerais, como fazer uma limpeza de um posto de saúde de forma correta, achei muito interessante. Agradeço a oportunidade de participar das oficinas”, comentou Armando de Lima Souza Filho, Técnico de Enfermagem da Região Miri Centro.

Nesta semana o projeto iniciou a realização das Oficinas de Agentes Populares de Saúde nos postos do perímetro urbano. O objetivo é oferecer a oficina em 100% das Unidades Básicas de Saúde de Juruti, contribuindo com informação de qualidade e materiais fundamentais para a prevenção da Covid-19.

Tags

Covid-19 IJUS Juruti

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder