Prefeitura de Belém

Eleições 2020: campanha ao segundo turno está acirrada em Belém

Governador ainda não sinalizou apoio ao segundo turno.

Todas as pesquisas apresentadas ao longo da campanha eleitoral, para Belém, estavam erradas. O candidato do  MDB, José Priante,  que seria o apontado para disputar com Edmilson (PSOL) o segundo momento da campanha não conseguiu ultrapassar o Delegado Federal Eguchi (Patriota).

Edmilson Rodrigues do PSOL recebeu  34,24% (245.282) dos votos válidos e Eguchi 23,06% (165.173), ficando com Priante apenas 17, 03% dos votos válidos.

Neste segundo turno o resultado é bem indefinido, uma vez que as novas alianças estão se formando, mas a disputa já está bem acirrada, ainda mais com os bolsonaristas sinalizando voto em Eguchi.

Enquanto o apoio do governador Helder Barbalho (MDB), que estava com Priante, ainda não foi oficializado, Thiago Araújo (Cidadania), que  obteve apenas 8, 08% dos votos, já está com boa parte de seus  seguidores ao lado de Eguchi.

Investigações :  Vale destacar que o procurador regional eleitoral no Pará, Felipe Moura Palha, encaminhou ao Ministério Público representação à promotoria eleitoral para que investigue  uma postagem recomendando voto ao Priante na mídia oficial do Governo do Estado, prática vedada pela lei. 

A postagem foi feita no twittermas em nota o Governo afirma que o perfil foi alvo hackers.

Tags

Bastidores Políticos

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder