PROJETO DONA'S

Empoderando Pequenas Empreendedoras em Juruti

Cada empreendedora receberá acompanhamento individual com tutora local, compreendendo as melhores ferramentas de gestão, estratégias para o seu negócio

O Dona’s, iniciou nesta semana reunindo 69 mulheres empreendedoras de Juruti. São todas pequenas empreendedoras. Tornar seu negócio mais rentável, propiciando uma melhor qualidade de vida, e contribuindo com o desenvolvimento local. São pensamentos comuns a cada empreendedora. Idealizado pelo Instituto Consulado da Mulher, uma ação social da marca Consul, o projeto é coordenado localmente pelo Instituto Juruti Sustentável (IJUS) e apoiado pelo Programa de Apoio a Projetos Locais 2019 do Instituto Alcoa.

Cada empreendedora receberá acompanhamento individual com tutora local, compreendendo as melhores ferramentas de gestão, estratégias para o seu negócio. As empreendedoras passaram por um processo classificatório no início do ano.

Até maio de 2021, elas irão passar pelo treinamento, recendo direcionamento nas oficinas de Plano Negócios, Movimento de Caixa, Finanças, Marketing e Pessoas. Tudo será acompanhado pelas tutoras que semanalmente enviarão vídeos e exercícios e criando momento em conjunto.

Um grupo de 12 voluntários da Alcoa de Juruti, com expertises em gestão, marketing, finanças, pessoas, irão fortalecer o time dedicando até 36 horas já em dezembro com as empreendedoras. Em parceria com o Instituto Alcoa, o grupo está sendo coordenado pela Rede de Mulheres Alcoa (AWN) de Juruti.

Durante todo o período como forma de incentivo as alunas serão premiadas com conhecimentos extras, crédito para celular após concluir marcos do projeto. No final haverá premiações para cada aluna concluinte.

Adsan Barroso, facilitadora do projeto Donas em Juruti fala de sua expectativa com o grupo de pequenas empreendedoras “É buscar o aprimoramento das mulheres de Juruti, onde elas possam ter oportunidade de aprender como tornar seu negócio mais eficiente”.

É uma metodologia consolidada e premiada internacionalmente, em média as empreendedoras que aplicam todas as orientações conseguem ampliar a renda do negócio em pelo menos 50%.

“Sou artesã, estou muito empolgada com o projeto, vejo que irá nos ajudar muito. Espero que todas se empoderem e consigam melhorar seus negócios”. Afirmou

Jonilce Andrade, artesã, trabalha com crochê, ponto cruz e outras técnicas.

Sobre o IJUS

O Instituto Juruti Sustentável (IJUS) foi estabelecido em agosto de 2008, o IJUS reconhecida como Organização de Utilidade Pública para o Estado do Pará. O Instituto é composto pelo Conselho Juruti Sustentável – CONJUS, órgão voltado à promoção do diálogo coletivo entre organizações sociais, poder público e iniciativa privada; Fundo Juruti Sustentável – FUNJUS, mecanismo financeiro voltado a investimentos em projetos voltados ao desenvolvimento sustentável local; e indicadores para acompanhamento de aspectos do desenvolvimento socioeconômico de Juruti. Conselho, Fundo e Indicadores, juntos, integram a estratégia “Tripé Juruti Sustentável”, que norteia a atuação do IJUS desde a sua origem. O Instituto Juruti Sustentável é composto de representantes da sociedade civil, empresas e poder público local, e tem como uma de suas principais características a natureza apartidária.

Tags

Alcoa Empreendedorismo IJUS Juruti

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder