SAÚDE

Dezembro chegou. Ainda dá tempo de perder uns quilinhos antes do ano acabar?

Nutricionista orienta e recomenda cuidado para os programas de emagrecimento rápido

2020 foi um ano atípico em todos os sentidos e muitas pessoas estavam torcendo para que este ano se encerrasse logo. Muitos objetivos foram adiados, inclusive a meta que muitos fazem sempre que um novo ano se inicia: emagrecer.

Uma das consequências que a pandemia causada pelo novo coronavírus trouxe foi a do isolamento social.

Em 2020, as pessoas passaram mais tempo em casa, ansiosas e preocupadas, muitas descontaram a ansiedade na alimentação.

Dezembro chegou, um dos meses mais festivos do ano, mesmo que este seja com menos confraternizações, todos querem estar bem naquela roupa nova para a reunião que celebra a virada de ano. Mas e para quem prometeu perder peso na virada do ano passado e teve os planos frustrados, ainda tem chance de se reconciliar na reta final?

Para Raphaela Capela, nutricionista do Hapvida, é possível iniciar um trabalho de conscientização e reeducação alimentar em qualquer época do ano, desde que se esteja disposto.

“Sim, é possível em qualquer época do ano, desde que haja disponibilidade e disciplina. A palavra de ordem é reeducação. Mudar o estilo de alimentação, ingerir mais frutas, retirar do consumo alimentos de origem industrializada e muito calóricos, equilibrar as proteínas, consumir os carboidratos corretos e ingerir bastante água, além de começar a praticar alguma atividade física, nem que seja caminhar 30 minutos todos os dias, regular o sono e controlar o estresse e a ansiedade, já colaboram para que a pessoa se sinta melhor, física e emocionalmente, e até perder uns quilinhos nas primeiras semanas da reeducação do estilo de vida”, explica a nutricionista, que acrescenta a importância de procurar um profissional para fazer uma avaliação personalizada, de acordo com o perfil de cada paciente.

E para quem já estava “focando”, as confraternizações costumam dificultar a vida nesta época, por isso, para não perder o foco, Raphaela ressalta que a moderação é o melhor caminho: “modere, não exagere. Uma boa tática é se alimentar antes do encontro, fazendo um lanche mais saudável, isso evita exageros na hora da reunião. Atenção também para o consumo excessivo de álcool, principalmente para a famosa cervejinha, que não é nada inofensiva.”

Outro ponto importante para se destacar, são os programas de emagrecimento rápido ou receitas de internet, que prometem resultados milagrosos. Na ânsia de um resultado imediato, muitas pessoas apostam nestes meios. “Dietas com muitas restrições fazem com que o indivíduo possa se reservar por um período curto e depois retome os hábitos, consumindo o valor calórico habitual e sua retomada de aumento de peso é inevitável na maioria dos casos. É sempre recomendável consultar um profissional de nutrição para prescrição alimentar, dietas de internet podem ser experiência de alguém que fez e deu certo, mas pode sim ter especificidades, não sendo adequada para todos, logo, o indivíduo que busca essa implementação, pode iniciar e até apresentar algum resultado, mas logo depois apresentar algum déficit de nutriente e até mesmo estabilizar o peso", diz a especialista.

Raphaela finaliza com um alerta para os sintomas de uma possível retirada brusca dos carboidratos e destaca porque a retirada repentina pode ser maléfica. “Se retirado de forma total, sem orientação adequada, o organismo vai buscar energia nos músculos, promovendo a perda de massa magra e o indivíduo pode ter os níveis glicêmicos reduzidos, apresentando cansaço, tontura, desmaios. Precisamos entender que o carboidrato é uma fonte de energia fundamental para o bom funcionamento do corpo. A dieta ou retirada desses alimentos pode ser realizada com uma redução gradativa, reduzindo os carboidratos refinados e colocando outras fontes de alimento energético na alimentação sem causar danos ao organismo.”

Tags

Hapvida Saúde

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder