Amazônia

Brigada de Alter recebe homenagem em reconhecimento ao trabalho realizado no Baixo Tapajós

A homenagem, realizada pelo Instituto IPÊ, ocorreu durante o 2º Encontro de Boas Práticas - Manejo Integrado do Fogo, em Alter do Chão

A Brigada de Incêndio Florestal de Alter do Chão recebeu uma placa de reconhecimento ao trabalho e dedicação na prevenção e combate aos incêndios florestais na região do Baixo Tapajós, no Pará. A homenagem, promovida pelo IPÊ- Instituto de Pesquisas Ecológicas, aconteceu neste domingo, 13/08, durante a programação do 2º Encontro de Boas Práticas Voluntariado para Conservação e Ação Climática - Manejo Integrado do Fogo. 

A escolha de Alter do Chão para sediar um encontro nacional para discutir Manejo Integrado do Fogo (MIF) é simbólica. Em 2019, integrantes da Brigada de Alter do Chão, organização que atua no combate a incêndios na região, foram acusados de provocar queimadas que destruíram parte de uma Área de Proteção Ambiental (APA) em Santarém, com o intuito de atrair doações de entidades ambientalistas. 

As acusações infundadas não foram comprovadas, os brigadistas foram soltos e o episódio ampliou as discussões sobre o fortalecimento das  brigadas voluntárias do país. 

Para João Romano, integrante da Brigada de Alter, a homenagem é o resultado do empenho e da seriedade do grupo que, mesmo nos momentos de dificuldade, sempre acreditou e defendeu a conservação ambiental, através de diversas ações de prevenção e combate aos incêndios florestais na região. “É muito gratificante receber esse reconhecimento num evento tão especial como esse, que reúne governo federal, entidades do terceiro setor, brigadas voluntárias e comunitárias. Isso só reforça o quanto essa nossa luta vale muito a pena”.

Angela Pellin, coordenadora do projeto Voluntariado no MIF, destaca que a homenagem é uma maneira de reconhecer publicamente a resistência e atuação da brigada de Alter.“ O trabalho realizado em Alter do Chão é um exemplo e uma inspiração para o todo o país sobre boas práticas de voluntariado em conservação ambiental”. 

2º Encontro de Boas Práticas

O Encontro conta com o apoio do Projeto Voluntariado no Manejo Integrado do Fogo, realizado em parceria com a Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, Coordenação de Manejo Integrado do Fogo (CMIF) do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Prevfogo) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima. Além disso, é apoiado pelo Serviço Florestal dos Estados Unidos (USFS), por meio do Programa Manejo Florestal e Prevenção de Fogo no Brasil da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID). 
 


Tags

Alter do Chão ICMBio IPÊ - Instituto de Pesquisas Ecológicas Manejo Integrado do Fogo meio ambiente Voluntariado