Caminhada Eco Cultural

Gincana ambiental e programação eco cultural reúne moradores e visitantes na Ponta da Sofia em Salinas

Acontece em Salinópolis, município do nordeste paraense, a Caminhada Eco Cultural da Ponta da Sofia e a inauguração do novo Centro de Artes Comunitárias nos dias 20 e 21 de janeiro, próximo fim de semana.

O evento, que integra o projeto Gibi Saúde, promoverá educação ambiental a partir do contato com a natureza e a identificação de possibilidades produtivas a partir de elementos do meio natural. Acrescido ao objetivo central, soma-se a promoção quanto a conscientização e respeito que todo cidadão deve ter em relação ao ciclos vivos do meio ambiente.

O evento propõe uma programação que inclui esporte e lazer por meio de caminhada ecológica e gincana ambiental; oficinas de artes, de inglês e apresentações culturais.

Educação Ambiental é a palavra chave do evento que reunirá estudantes e moradores de comunidades de Salinas. Além da programação citada, participantes irão cumprir etapas para o beneficiamento de resíduos sólidos desde o descarte irregular; à necessidade da limpeza ambiental, reutilização e a reciclagem dos elementos descartados.

Para Elisabeth Yamasaqui, escritora da literatura infantil há mais de 20 anos e fundadora da Ecobiblioteca do projeto Gibi Saúde, confirma-se a responsabilidade de seu trabalho priorizando a educação e a consciência ambiental; à promoção e prevenção à saúde e a auto estima e boas escolhas em busca da qualidade de vida.

Empreendedorismo ambiental e sustentável é tema de palestra do projeto Gibi Saúde

Gleisson Machado, engenheiro especializado em tratamento e destinação de resíduos sólidos, ministra palestra máster de evento ecológico.

Abertura do evento ecológico, sábado, 20, oferece café da manhã aos participantes, às 8h. Programação inicia com palestra ministrada por Gleisson Machado que abordará o tema “Empreendedorismo sustentável a partir dos resíduos sólidos”, e na sequência, realização da eco caminhada com formação de equipes que percorrerão cinco (5) locais predefinidos na Ponta da Sofia, com a finalidade de retirar do ambiente o máximo de resíduos sólidos descartados.

Os participantes serão distribuídos entre as equipes Camaleão, Guará, Tartaruga, Guaxini, Jaguatirica e Pica Pau e concorrerão a premiações concedidas aos três primeiros colocados.

No turno da tarde serão realizadas oficinas de artes com destaque para o beneficiamento de resíduos sólidos para confecção de artesanatos (ministrante Paulo Gerson); biojóias (ministrante Edwaldo Buscapé); transformação e nova destinação de garrafas Pet (ministrante Geraldo Sena); beneficiamento do coco, (ministrante sr Antoniel) e oficina voltada para transformação do elemento vidro viabilizando alternativas para o empreendedorismo sustentável (ministrante: Balão Pereira da Silva).
    Ainda na programação vespertina do dia 20, apresentações culturais incluindo Sarau, voz e violão com os músicos Juarez Lima, Júnior do saxofone e o cantor Geraldo Sena. 
    O encerramento do evento no sábado contará com a presença do chef Romário apresentando as “Paellas do Mangue”, às 19h. Programa continua no dia 21, pela manhã, no Centro de Artes Comunitárias.


Tags

Amazônia Caminhada Cultura esporte meio ambiente Pará Salinópolis Turismo