Investigação

Preso suspeito de envolvimento na morte de taxista em Barcarena

A Polícia Civil prendeu e autuou em flagrante, neste domingo (27), por crime de latrocínio - roubo seguido de morte, Daniel Bruce Conceição, um dos envolvidos na morte do taxista Hugo Montano, 66 anos. Ele foi localizado por equipes das Polícias Civil e Militar em Igarapé-Miri, nordeste do Estado, durante a tarde.

O suspeito estava escondido em uma região conhecida como Matinha. Após ser encontrado, ele foi conduzido até a sede da Superintendência Regional da Polícia Civil em Abaetetuba, para ser autuado em flagrante continuado.

"Desde o dia do fato, policiais civis se revezam num intenso trabalho de investigação, que culminou na prisão do primeiro envolvido no crime", ressalta a delegada Renata Gurgel, titular da Superintendência do Baixo-Tocantins. Pela manhã, o táxi da vítima foi localizado abandonado em uma área residencial de Abaetetuba, por policiais civis e militares. O veículo foi apreendido e vai passar por perícia. 

Com a prisão, os esforços irão se concentrar na localização e captura dos outros dois suspeitos do crime, identificados como Daniel Corrêa Junior, de apelido Juninho, e um terceiro envolvido, identificado apenas como "Eduardo".

O crime - A vítima estava desaparecida desde o último dia 22, quando foi vista pela última vez no ponto de táxi da Praça da Matriz, no distrito de Vila dos Cabanos, em Barcarena. O corpo da vítima foi encontrado, na noite deste sábado (26), por volta de 19h, por policiais civis e militares, no ramal do Maranhão, zona rural de Abaetetuba. O taxista de 66 anos foi encontrado amordaçado, com sinais de estrangulamento, mãos e pernas amarradas.

Na sexta-feira à noite, foi encontrado o documento do carro e vestimentas dos suspeitos, além de uma maleta de viagem usada pelos criminosos no dia em que pegaram o táxi da vítima, na praça da Matriz, de Vila dos Cabanos, em Barcarena. O trabalho investigativo é realizado por uma força-tarefa formada por policiais civis da Superintendência Regional do Baixo-Tocantins, da Delegacia de Homicídios de Abaetetuba, da Delegacia de Vila dos Cabanos e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI).

Tags

Abaetetuba Barcarena policia civil

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.