Mobilidade

Projeto Nova BR é apresentado às lideranças de Águas Lindas

16 lideranças comunitárias do bairro de Águas Lindas, região metropolitana de Belém, receberam informações sobre o projeto da Nova BR.

O projeto da Nova BR, executado pelo Governo do Pará desde o último dia 15 de janeiro, foi apresentado, na manhã desta terça-feira (26), a pelo menos 16 lideranças comunitárias do bairro de Águas Lindas, região metropolitana de Belém.

Diretores do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) estiveram reunidos com o grupo, em um espaço da comunidade no bairro, detalhando o projeto, o andamento, as medidas para minimizar os impactos, além de conversar sobre demandas e sugestões dos moradores.

O diretor-geral do NGTM, engenheiro Eduardo Ribeiro, também explicou os benefícios que o projeto de requalificação da BR-316 trará à população da região metropolitana e a necessidade das medidas tomadas nesses três primeiros meses de trabalhos, entre eles, o fechamento de retornos e restrição do fluxo veículos pesados na BR em determinados horários.

Os moradores tiveram a oportunidade de tirar dúvidas a respeito de alguns pontos que geram preocupação. Um deles é sobre a fonte de recursos para que não haja interrupção nas obras, que é semelhante a que foi adotada no sistema de transporte público rápido, executado na capital.

“Essa obra não terá o problema de interrupção de recursos, pois eles estão assegurados por uma fonte internacional, que é a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), onde as execuções serão pagas dentro do ciclo normal do financiamento, ou seja, os recursos estão disponíveis e a medida que as etapas vão sendo concluídas, a Agência vai liberando o valor de acordo com as medições. E não haverá paralisação da obra por nenhuma inadimplência ou falta de certidões”, garante Eduardo.

Jairo Cunha, do Centro Social Oportunidade, foi quem provocou a reunião com o objetivo de atender ao anseio da população. “A comunidade precisava de alguns esclarecimentos sobre o projeto, principalmente, saber se está prevista alguma obra que vai beneficiar o nosso bairro”, comentou.

Para o morador, o encontro foi positivo. “Pra falar a verdade, nunca tivemos uma reunião assim com nenhum órgão do governo, que se disponibilizasse a nos ouvir e nos explicar sobre a obra. E é isso que quem mora no bairro precisa: alguém que olhe por nós e nos ouça”, acrescentou Jairo.

Quanto às outras demandas que não são de responsabilidade do NGTM, o diretor orientou que as lideranças reúnam-se e apresentem o documento com o conjunto de necessidades da população para que o Governo estude a possibilidade de atender e articule as medidas cabíveis.

Tags

CRONOGRAMA DE OBRAS, NOVA BR governo do pará NGTM

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.